Tratamento natural para oxalato de cálcio

Escrito por angela brady | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento natural para oxalato de cálcio
Cristais de oxalato de cálcio são comuns em gatos, mas raramente se formam em cães (cat face image by Viktor Korpan from Fotolia.com)

Os cristais de oxalato de cálcio são um dos muitos tipos de cristais de urina que se formam na bexiga de gatos quando a urina está muito ácida. Eles podem ocorrer em formas monoidratadas e diidratadas e podem formar cristais facetados ou uma massa amorfa, como areia. Por si só, eles irritam a bexiga e a uretra, provocando micção dolorosa e com sangue, e favorecem a proliferação de bactérias que podem levar à infecção do trato urinário e afetar a saúde geral do gato. Se crescerem sem tratamento, os cristais podem bloquear completamente a uretra de um gato macho, incapacitando-o de urinar. Os cristais de oxalato de cálcio raramente se formam em cães.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Os sinais de que seu gato pode ter cristais na urina incluem micção com sangue ou urina que seque em uma consistência arenosa. Ele pode se esforçar para urinar na caixa de areia ou fazê-lo em pequenas quantidades em vários lugares da casa. O fluxo urinário pode ser interrompido ou inadequado e o abdome pode ficar macio. Um veterinário fará uma análise da urina e examinará o sedimento expelido com ela sob um microscópio, evidenciando a presença de cristais. Raios-X ajudam a determinar a extensão do problema e revelar se há um bloqueio.

Cirurgia

Se os cristais progrediram a ponto de formar pedras na bexiga, a cirurgia é a única opção. Não há dieta ou medicação que possam dissolver o oxalato de cálcio, então, as pedras devem ser removidas intactas e os cristais microscópicos devem passar naturalmente pelo sistema. O segredo para tratar a condição é tratar a infecção secundária com antibióticos e prevenir que novos cristais se formem.

Dieta

O veterinário deve recomendar uma dieta prescrita para aumentar o pH da urina do gato, prevenindo a formação de novos cristais. As dietas Hills x/d ou c/d, da Royal Canin e da Purina, são desenvolvidas especialmente para gatos propensos à formação de cristais de oxalato. Se uma dieta natural ou vegetariana for preferida, ela deve ter níveis controlados de cálcio, magnésio e fósforo, com citrato de potássio e vitamina B6 extras para prevenir a formação de cristais.

Consumo de água

O consumo de água é extremamente importante para gatos propensos a formar cristais urinário, não só para ajudar a expelir os cristais existentes da bexiga, mas também para diluir a urina e evitar que cristais adicionais se formem. Maneiras não-químicas de fazer seu gato beber mais água incluem investir em uma fonte para gatos, uma vez que eles preferem água corrente, e água com sabor de frango ou bife com baixo teor de sódio. Alimentar o animal com comida enlatada também aumenta o consumo de água porque a umidade não é removida do alimento, como ocorre em rações secas.

Suplementos

Há alguns suplementos que podem ajudar a curar infecções secundárias que acompanhem os cristais de bexiga, embora não haja estudos formais feitos e resultados científicos. A berberina reduz inflamações e evita que as bactérias se fixem nas paredes celulares, além de fortalecer o sistema imunológico, e o oxicoco ajuda a desencorajar as bactérias a se instalarem na bexiga. A vitamina Ester-C tem sido apontada como uma cura urinária total, mas ela funciona tornando a urina mais ácida, o que estimula a formação do oxalato. A Ester-C é usada com mais frequência para cristal estruvita.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível