Tratamento de rosácea com Protopic

Escrito por graham beckett | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento de rosácea com Protopic
Rosácea é uma afecção da pele que causa rubor e secura no rosto (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Rosácea é uma afecção da pele que causa rubor e secura no rosto da pessoa. É uma doença congênita que não tem necessariamente uma "cura", mas existem vários tratamentos médicos que podem limitar suas crises. Um desses tratamentos é com Protopic, que tem vários efeitos colaterais e não foi submetido a uma extensa pesquisa.

Outras pessoas estão lendo

Quando usar Protopic

Protopic é uma pomada destinada para uso a curto prazo na pele para tratamento de dermatite atópica ou grave. Em vista das similaridades entre eczema e rosácea, as pessoas começaram a usar a pomada Protopic como tratamento para rosácea. O site americano InternationalRosaceaFoundation.org indica que os pacientes podem usar Protopic em circunstâncias em que os tratamentos tópicos tradicionais não são eficazes ou o paciente é alérgico às pomadas tradicionais para o tratamento de rosácea. Não use Protopic se estiver grávida, nem use em criança com menos de 2 anos de idade.

Efeitos colaterais em potencial

O tratamento com Protopic não foi submetido a extensos estudos clínicos formais quanto à sua eficácia para rosácea. O uso de Protopic pode expô-lo a efeitos colaterais em potencial, um dos quais é o risco aumentado de varicela-zóster, uma infecção viral similar à varicela ou herpes-zóster. Além disso, o site InternationalRosaceaFoundation.org indica que o uso de Protopic para tratar rosácea e outras condições da pele o torna mais suscetível a contrair o vírus da herpes simples.

Além das possíveis infecções virais, o uso de Protopic pode causar uma variedade de efeitos colaterais agudos na pele. Em raras circunstâncias, ocorrem queimação ou ferroadas na pele com o seu uso, sendo mais notável dentro dos primeiros dias de tratamento. Tipicamente, as ferroadas e a dor cedem uma hora após o tratamento.

Estudo de caso informal

Em 2004, um estudo clínico no Departamento de Dermatologia do Hospital Universitário em Genebra, na Suíça, descobriu que o uso do Protopic para o tratamento de rosácea, na realidade, leva à piora da condição cutânea. Especificamente, o estudo verificou que a pomada era eficaz inicialmente, reduzindo as crises, mas dentro de duas a três semanas, ocorriam novas crises substanciais de rosácea. O estudo notou que os ensaios clínicos envolveram somente seis pacientes e que era necessário conduzir mais pesquisa para formular um completo conhecimento de Protopic e do tratamento da rosácea.

Alergias específicas

Outra consideração ser feita sobre o uso de Protopic acerca das alergias específicas à própria pomada. O principal ingrediente do medicamento é o tracrolimo, ao qual alguns pacientes podem ter reações alérgicas. Além disso, considere que Protopic não é recomendado para indivíduos que sofrem de síndrome de Netherton, pois esta síndrome pode causar excessiva absorção de tacrolimo. Há ainda interações negativas entre o mediamento e as drogas bloqueadoras do canal de cálcio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível