Tratamento da sarna demodécica com ivermectina

Escrito por cynthia gomez | Traduzido por jesse mourao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento da sarna demodécica com ivermectina
Filhotes geralmente têm sarna demodécica (puppy image by Lisa Eastman from Fotolia.com)

Se seu cão foi diagnosticado com sarna demodécica, há muitas chances de o veterinário ter recomendado o uso de ivermectina. Compreender a infecção e o funcionamento desse medicamento pode ajudá-lo a tomar uma decisão informada sobre o tratamento adequado para seu animal de estimação.

Outras pessoas estão lendo

Definição

Sarna demodécica, também conhecida como sarna vermelha ou sarna de cachorro, é uma doença de pele causada por um ácaro encontrado naturalmente na pele de todos os cães. Ela ocorre apenas em cães que têm um sistema imunológico comprometido, como filhotes que ainda estão desenvolvendo seus sistemas de defesa. Como resultado de um sistema fragilizado, as populações de ácaros crescem de forma descontrolada. A ivermectina é um fármaco aprovado para uso como uma vacina para dirofilariose.

Função

A ivermectina é um ingrediente comum em vacinas contra dirofilariose populares, como a Heartgard. Ela é um pesticida leve que mata as larvas de dirofilariose. No entanto, uma utilização comum que não consta no rótulo é no tratamento de sarna demodécica. A ivermectina mata os ácaros responsáveis ​​pela condição, reduzindo eficazmente a população dos organismos no cão. Como a maioria dos filhotes contrai essa condição, a droga pode ser interrompida após a diminuição dos sintomas da sarna, pois o sistema imunológico do cachorro já terá se desenvolvido e poderá manter as populações de ácaros controladas.

Uso

Embora as vacinas de dirofilariose comumente disponíveis contenham ivermectina como ingrediente ativo, só essa dosagem normalmente não é suficiente para combater um caso de sarna demodécica. Assim, o veterinário pode recomendar doses diárias de ivermectina líquida. Alguns também costumam administrar ivermectina por injeção; no entanto, muitos cães experimentam dor e queimação no local da injeção.

Aplicação

A quantidade de ivermectina recomendada pelo veterinário dependerá de dois fatores: o primeiro é o tamanho do cachorro e o segundo é a gravidade do problema. A dose comum é de 250 ug/kg ou até 600 ug/kg para casos muito graves, de acordo com o veterinário Mike Richards em um artigo de informações para veterinários.

Eficácia

De acordo com Richards, um tratamento com ivermectina deve curar cerca de 80% dos casos de sarna demodécica. No entanto, como esse é um uso "fora de rótulo" da droga, o veterinário pode primeiro tentar tratar o animal com outro medicamento aprovado especificamente para sarna demodécica.

Sintomas e efeitos colaterais

Um sintoma desse problema de pele pode ser percebido quando há lesão em uma parte do corpo ou em todo o corpo do animal. As lesões são muitas vezes acompanhadas pela perda de pelos, pele seca com aparência vermelha e coceira. A menos que seu cão seja um "collie" ou outra raça de caça (que muitas vezes tem sensibilidade à medicação), a ivermectina é uma droga muito segura. No entanto, alguns efeitos colaterais mais comuns do medicamento são letargia, diarreia e vômitos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível