Tratamento para a síndrome urológica felina

Escrito por lori gordon | Traduzido por ana carolina prado almeida
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento para a síndrome urológica felina
O tratamento da SUF depende de vários fatores (cats image by Zbigniew Nowak from Fotolia.com)

A síndrome urológica felina (SUF), ou doença do trato urinário inferior dos felinos (DTUIF), envolve a bexiga e uretra. Os sintomas incluem frequentes viagens para à caixa de areia, urinar em locais inadequados, esforço excessivo ao realizar as necessidades, sangue na urina ou produção de pouca ou nenhuma urina. As causas exatas da SUF são desconhecidas, mas há vários fatores envolvidos, incluindo vírus, dieta, obesidade, estresse, bactérias, pedras ou tumores. O tratamento depende da presença de algum desses fatores.

Outras pessoas estão lendo

Fatores de risco

De acordo com a Dr. Andra Gordon-Gatica, do site "petside.com", a DTUIF afeta cerca de 0,5% a 1% da população felina anualmente. A idade média de um gato afetado é de cerca de três anos e meio e parece afetar os machos um pouco mais frequentemente do que as fêmeas. Os machos estão propensos a uma forma mais grave de DTUIF, chamada obstrução urinária, uma condição que pode levar à morte.

Tratamento para a síndrome urológica felina
Muitos gatos machos com DTUIF são propensos à obstrução urinária (cat face image by Viktor Korpan from Fotolia.com)

Tratamento para um gato desobstruído

Para planejar o tratamento de um gato não obstruído, o veterinário realizará um exame físico minucioso e um exame de urina, observando as bactérias, o pH da urina, as células vermelhas e brancas do sangue, cristais e proteínas. Ele poderá recomendar um teste de flora bacteriana e de sensibilidade, radiografias abdominais ou um ultra-som para procurar por pedras na bexiga ou tumores. Se não houver pedras, ele poderá prescrever uma medicação para dor, relaxantes musculares e anti-inflamatórios para deixar o gato mais confortável. Se houver infecção presente, ele prescreverá antibióticos. Se houver cristais, ele determinará o tipo e sugerirá mudanças alimentares para ajustar o pH da urina do gato.

Tratamento para a síndrome urológica felina
Um exame de urina rotineiro verificará a existência de sangue, bactérias, pH e proteína na urina (urine test image by Keith Frith from Fotolia.com)

O tratamento para pedras na bexiga ou tumores

Se houver pedras na bexiga ou tumores, o veterinário provavelmente recomendará uma cirurgia. No caso das pedras, elas poderão ser enviadas para análise para determinar o que deverá ser feito, de modo que dieta e medicamentos possam ser adaptados para evitar a reincidência. Os tumores serão enviados para análise para determinar o grau de malignidade.

Tratamento para a síndrome urológica felina
Radiografias poderão ser tomadas para encontrar pedras na bexiga ou tumores (pelvis x-ray image by alma_sacra from Fotolia.com)

Tratamento para um gato obstruído

Em gatos machos com DTUIF, o pênis se conecta com cristais ou pedras pequenas, de modo que o animal não consegue urinar. Isso é extremamente doloroso. Se um gato macho não produz urina, deverá ser levado a um veterinário para tratamento imediato. Se não for tratado, as toxinas se acumularão, fazendo com que o gato fique muito doente e os rins, severamente danificados, resultando em insuficiência renal e morte. O gato será anestesiado e um cateter urinário utilizado para remover a obstrução. Feita a desobstrução física, a uretra e a bexiga serão repetidamente lavadas com soro fisiológico para remover qualquer resíduo restante. O veterinário poderá lavar a bexiga com um anti-inflamatório, como o dimetilsulfóxido. O cateter será costurado no lugar por alguns dias, até que o gato possa urinar por conta própria. Fluidos intravenosos lavarão a bexiga do gato e antibióticos prevenirão infecções secundárias. Quando o animal for para casa, o veterinário prescreverá medicamentos anti-inflamatórios, antibióticos e uma dieta especial.

Tratamento para a síndrome urológica felina
Obstruções urinárias em gatos machos são uma emergência (cat image by Annika from Fotolia.com)

Prevenção e solução

Em média, 50% dos gatos com DTUIF experimentarão uma recorrência. Há coisas que os donos pode fazer em casa para ajudar a evitar problemas. Isso inclui o aumento do consumo de água alimentando o gato com comida enlatada em vez de ração ou adição de água à comida e garantir que haja sempre água fresca disponível, mantê-lo em um peso saudável, manter a caixa de areia limpa e minimizar o estresse no ambiente em que o animal vive.

Tratamento para a síndrome urológica felina
Aumentar o consumo de água do gato pode ajudar no caso de uma doença urinária (thirsty siamese cat in bathroom image by starush from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível