Tratamentos antivirais para o HPV

Escrito por jennifer eblin | Traduzido por luiz afonso de oliveira moura santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos antivirais para o HPV
O HPV é um vírus causador de doença (Virus image by Denis Makarov from Fotolia.com)

O Papilomavírus Humano, HPV, é um vírus que pode ser transmitido sexualmente, a infecção pode causar o surgimento de verrugas genitais. Um dos tratamentos para essa condição é o uso de antivirais e existem vários tipos disponíveis. Os pacientes podem tomá-los na forma de uma pílula ou usar o óleo tópico aplicado diretamente na pele.

Outras pessoas estão lendo

Interferon

O interferon é um tipo de medicamento antiviral usado no tratamento da infecção pelo HPV. A droga só existe na forma líquida e deve ser injetada diretamente no paciente. Um grande número de pacientes escolhe o interferon porque ele age rapidamente. Entretanto, o tratamento pode ser doloroso, já que exige várias injeções para ser efetivo.

Heal Warts

O Heal Warts foi lançado pela companhia Amoils como um tratamento para verrugas de todos os tipos, incluindo as genitais causadas pelo HPV. Esse tratamento antiviral existe na forma de um óleo tópico. Em vez de injetar a substância nos pacientes, os médicos esfregam o óleo diretamente nas áreas afetadas. A vantagem desse produto é que ele é menos caro que outras opções e não causa nenhuma dor. O paciente também pode usar o medicamento em casa sem precisar ir ao médico para a aplicação.

HPVcurative

O HPVcurative é um tipo de óleo antiviral aplicado diretamente na área na qual as verrugas genitais estão. A companhia Cured criou o produto e os seus usuários dizem que ele é milagroso. Eles dizem que, após algumas aplicações, não somente as verrugas desaparecem, mas a pele parece limpa e sem cicatrizes. Os usuários também afirmam que ele funciona em verrugas de todos os tamanhos, apesar de ainda não existir estudos sobre a eficácia do produto.

Famvir

O Famvir é um dos tratamentos para o HPV mais populares. A droga só é obtida de um médico licenciado. A pílula é tomada junto com as refeições, três vezes ao dia, quando a condição é diagnosticada. No final do tratamento é tomada somente duas vezes por dia. O Famvir foi usado, originalmente, no tratamento de herpes, mas a sua taxa de sucesso fez com que os médicos o receitassem para pacientes com HPV.

Efeitos colaterais

Aqueles em tratamento com antivirais para o HPV estão mais propensos a alguns efeitos colaterais. A pessoa pode experimentar alguns problemas gastrointestinais, como náusea, diarreia e vômitos. Ela também pode ter dores de cabeça, leves ou graves, que costumam se mover das têmporas até a parte de trás da cabeça. Adicionalmente, podem existir outros efeitos colaterais mais sérios, como dor nas articulações e músculos e perda de cabelos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível