Tratamentos para colite ulcerativa

Escrito por william jackson | Traduzido por davidson g o fatima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos para colite ulcerativa
Tratando a colite

Causando inflamação e feridas (úlceras), a colite ulcerativa pode levar ao câncer. Sendo assim, a melhor opção seria evitar o câncer tratando a colite antes que a condição pudesse potencialmente evoluir. Conheça os tratamentos existentes para combater e eventualmente curar a colite.

Outras pessoas estão lendo

Azatioprina e o 6-MP

Duas drogas que podem tratar a colite são a azatioprina e 6-mercaptopurina (6-MP). Esses e outros imunomoduladores trabalham o sistema imunológico do doente, reduzindo a inflamação. Os medicamentos são administrados via oral. Infelizmente, ambos podem, às vezes, demorar até seis meses para realmente surtirem efeito. Essas drogas não devem ser ingeridas a não ser que o paciente seja regularmente monitorizado por um médico.

Prednisona, hidrocortisona e metilprednisolona

Prednisona, metilprednisolona e hidrocortisona também podem ajudar a tratar a colite e, consequentemente, evitar o câncer. Esses medicamentos e outros corticosteroides reduzem a inflamação e podem funcionar mesmo em casos verdadeiramente graves. A desvantagem são os efeitos colaterais: desenvolvimento de cabelo facial, diabetes, hipertensão, acne, ganho de peso, perda de massa óssea, alterações de humor e diminuição da imunidade. Portanto, o uso prolongado não é recomendado. Por períodos curtos, no entanto, eles podem ser bastante eficazes.

5-ASA

Medicamentos que contenham o ácido 5-aminossalicílico (5-ASA) podem também combater a inflamação. Drogas que se enquadram nessa categoria incluem olsalazina, mesalamina, balsalazida e sulfapiridina. Os efeitos colaterais incluem azia, diarreia, náuseas e dores de cabeça. Essas drogas podem geralmente ser administradas via oral, embora também estejam disponíveis na forma de enema. Drogas 5-ASA são recomendadas para pessoas com colite leve; elas podem curar a condição antes que se torne grave e, possivelmente, em evolua para um câncer.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível