Tratamentos para flebólitos pélvicos

Escrito por darla ferrara | Traduzido por tiago tostes
Tratamentos para flebólitos pélvicos

Algumas pessoas podem ter sintomas como dor nas costas, dor pélvica e problemas menstruais ou urinários

the leg image by Rich Johnson from Fotolia.com

Os flebólitos pélvicos são massas de cálcio que se formam nas paredes das veias. Embora sejam mais comuns na região pélvica, elas podem se desenvolver em qualquer outro lugar. Na maioria dos casos, elas são inofensivas. Embora possam ser um sinal de uma doença subjacente mais grave, raramente precisam de tratamento. Enquanto a maioria das pessoas desconhece a presença dos flebólitos, algumas pessoas podem ter sintomas como dor nas costas, dor pélvica e problemas menstruais ou urinários.

Outras pessoas estão lendo

Causas

As causas da formação dos flebólitos pélvicos ainda não são claras. Geralmente, eles se formam devido a algum tipo de trauma na parede da veia. As mulheres têm mais propensão por terem mais veias na região pélvica. Os flebólitos podem ser um sinal de hipertensão venosa, por isso é importante verificar a pressão arterial nesses casos. Normalmente não existe qualquer razão para remover flebólitos. No entanto, qualquer crescimento dele pode levar à inflamação, à infecção e possivelmente à dor. Se a pessoa tem flebólitos e está sentindo dor pélvica, o médico deverá ser consultado para decidir se a remoção é necessária.

Escleroterapia

Projetada para tratar malformações venosas, a escleroterapia pode ser usada para fechar as veias com flebólitos. O procedimento é realizado através da inserção de uma agulha na veia afetada e injeção de um tipo de corante radioativo esclerosante. Isto irá efetivamente diminuir a veia. A escleroterapia ocasionalmente precisa ser repetida para fechar a veia permanentemente.

Terapia de laser endovenoso

A terapia de laser endovenoso foi projetada para problemas como varizes, porém, este tratamento também pode ser utilizado para remover os flebólitos. Uma fibra de laser minúscula é inserida na veia afetada e projeta energia, fechando assim a veia. É minimamente invasivo e leva cerca de uma hora.

Excisão cirúrgica

A excisão cirúrgica é a mais invasiva, e é realizada se os outros métodos falharem. Para esta modalidade de tratamento, um cirurgião irá remover a veia e os tecidos adjacentes.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media