Tratamentos para fraturas na cabeça do rádio

Escrito por april sanders | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos para fraturas na cabeça do rádio
A cabeça do rádio é responsável pelos movimentos do cotovelo (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Uma fratura de cabeça do rádio costuma ser referida como um cotovelo quebrado. A cabeça radial é um osso redondo, em forma de disco, e é central para a habilidade do cotovelo em se mover para todas as direções. É o tipo mais comum de osso quebrado no cotovelo. O tratamento varia de acordo com o tipo e severidade da fratura.

Outras pessoas estão lendo

Fratura na cabeça do rádio

As fraturas na cabeça do rádio geralmente são causadas quando alguém está caindo, estende o braço e cai sobre ele. O choque faz com que essa parte do osso se frature. Traumas diretos ao cotovelo também podem causar esse tipo de fratura. O primeiro e mais óbvio sintoma é a dor e inchaço no cotovelo.

Tipo 1

Fraturas do tipo 1 são as mais leves: pequenas fissuras no osso. Os pedaços dele ainda estão juntos, e não separados. Às vezes, as fissuras nem mesmo podem ser vistas em raios-X preliminares, embora geralmente apareçam nesses exames depois de duas a três semanas. O tratamento geralmente envolve imobilização com uma tala ou tipoia por uma semana e movimentos suaves por mais uma semana.

Tipo 2

As fraturas de tipo 2 acontecem quando os ossos estão levemente fora do lugar. Para os casos mais leves, uma tala é usada por uma a duas semanas. Às vezes, pequenos pedaços de osso precisam ser removidos cirurgicamente. Se os pedaços são grandes e podem ser juntados novamente, o cirurgião pode prendê-los no lugar. Se isso não for possível, os pedaços quebrados maiores têm de ser removidos, ou a cabeça radial inteira pode precisar ser removida. Danos aos tecidos leves também podem precisar ser reparados.

Tipo 3

Fraturas do tipo 3 são raras. Neste tipo de fratura, há muitos pedaços de ossos quebrados que não podem ser juntos novamente. Além disso, geralmente há danos severos aos tecidos leves, tais como articulações e ligamentos. A cirurgia é exigida para reparar tais danos, além de remover todos os pedaços de ossos quebrados. Se o cotovelo estiver muito instável sem a cabeça radial, uma prótese artificial pode ser usada, mas isso nem sempre é necessário. Movimentos diretamente após a cirurgia são importantes, para restaurar a movimentação do cotovelo.

Cuidado

Mesmo a mais leve fratura vai resultar em uma taxa de movimentação menor no cotovelo. Por essa razão, a fisioterapia será recomendada antes do recomeço das atividades normais, especialmente no caso de atletas ou outros que usem o cotovelo em atividades rigorosas. A fisioterapia pode variar de visitas formais à clínica a uma folha de instruções que você pode levar para casa e realizar por conta própria.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível