Tratamentos naturais para o mieloma múltiplo

Escrito por kelli cooper | Traduzido por joão melo
Tratamentos naturais para o mieloma múltiplo
Curas naturais para o mieloma múltiplo (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

O mieloma múltiplo é a forma mais prevalente de câncer ósseo. As pessoas com esse tipo de câncer são muito susceptíveis a infecções, já que a condição afeta tecidos que produzem linfócitos B, as células imunológicas que sintetizam os anticorpos que combatem doenças. Os medicamentos naturais não substituem os convencionais e são mais eficazes se utilizados em conjunto a fim de intensificar o tratamento padrão e minimizar efeitos colaterais negativos. Sempre discuta sobre possíveis suplementos com seu médico.

Tratamentos fitoterápicos

Os tratamentos fitoterápicos para mieloma múltiplo podem ser divididos em duas categorias, aqueles que aumentam a produção de interferon, um dos agentes imunológicos chave do organismo, e aqueles que estimularão o sistema imunológico a lutar contra células cancerígenas e infecções. Ervas que estimulam a síntese de interferon: elas também possuem os benefícios abaixo listados. A bupleurum também previne espasmos musculares e ameniza efeitos colaterais de tratamentos com esteroides. A erva pode ser consumida na forma de chá, preparado por um profissional de medicina chinesa, ou na forma de um tablete de 300 mg por dia. A erva lentinan possui o papel adicional de ativar células exterminadoras naturais, importantes para a destruição de células anormais, como as cancerígenas. A forma de administração é por injeção intramuscular aplicada por profissional da área de saúde. O ginseng siberiano complementa naturalmente a ação da lentinan e estimula a produção de linfócitos B. Mesmo que você não faça a terapia com lentinan, tomar o suplemento com ginseng ainda promove benefícios. Consuma o extrato conforme indicado na embalagem, em ¼ de copo de água. Ervas que estimulam o sistema imunológico: elas também possuem os benefícios abaixo listados. A astragalus restabelece a contagem de glóbulos brancos do sangue. Tome uma cápsula de 1.000 mg três vezes ao dia. O maitake pode reduzir a formação de tumores. Tome 2.000 mg três vezes ao dia antes das refeições. A scutellaria possui um longo histórico de uso na medicina chinesa e é conhecida pela sua habilidade de combater vírus e bactérias, o que é bom para indivíduos com mieloma múltiplo, já que apresentam risco aumentado de infecções. Tome 2.000 mg três vezes ao dia.

Não utilize o ginseng siberiano se você tem câncer de próstata ou doença autoimune, como lúpus ou artrite reumatoide. Evite a astragalus se houver febre ou infecção de pele. Não use scutellaria se você tiver diarreia.

Outras sugestões

A fórmula chinesa Ophiopogonis Decoction é muito útil para aliviar a secura oral ocasionada por quimioterapia e radiação. Ela também aumenta a eficácia de várias drogas esteroides utilizadas no tratamento do mieloma múltiplo. Não utilize a fórmula em caso de febre. Tome sol 20 minutos por dia. A luz do sol ajuda a pele a produzir vitamina D, que controla a reprodução de células ósseas. Isso pode diminuir a taxa de multiplicação das células cancerosas. Tomar suplementos da vitamina não irá ter o mesmo efeito e pode ser prejudicial, porque fará com que o osso libere o cálcio que, geralmente, já está com o nível depletado devido ao câncer.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível