Tratamentos para níveis altos de ALT e AST em gatos

Escrito por jane tyne Google | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos para níveis altos de ALT e AST em gatos
O tratamento para altos níveis de ALT e AST necessita de um veterinário (Comstock/Comstock/Getty Images)

Esteroides às vezes são necessários para o tratamento de doenças em gatos. Infelizmente, eles podem causar danos hepáticos consideráveis se não prescritos e administrados apropriadamente. Em alguns animais, esteroides podem causar danos, não importa com quanto cuidado eles são administrados. O veterinário pode fazer um exame de sangue em seu gato para verificar se há aumento significante de enzimas hepáticas, como a ALT (alanina aminotransferase) e AST (aspartato aminotransferase), se o gato precisar tomar corticoides.

Outras pessoas estão lendo

Teste diagnóstico

Uma vez que altos níveis de ALT e AST são notados, o veterinário precisará fazer outros testes para confirmar danos hepáticos e para determinar a extensão dos mesmos. O médico decidirá quais exames serão necessários, baseando-se em sua experiência, no problema do gato e nos níveis sanguíneos das enzimas. Esses exames podem incluir um ultrassom, raio-X, contagem sanguínea, testes sorológicos (vários exames no soro sanguíneo), de tiroide e uma biópsia hepática.

Tratamentos para níveis altos de ALT e AST em gatos
O veterinário considerará a condição geral de seu gato (Comstock/Comstock/Getty Images)

Hospitalização

Muitos gatos com danos ou doenças hepáticas precisarão de cuidados especiais em um hospital, que incluem a administração de fluidos, oxigênio e medicações. Se o gato estiver demonstrando danos hepáticos leves, o veterinário pode executar tratamentos no consultório e depois deixar que o animal se recupere em casa.

Tratamentos para níveis altos de ALT e AST em gatos
A hospitalização, com cirurgias e oxigênio, pode ser necessária (Jeff J Mitchell/Getty Images News/Getty Images)

Tratamento em casa

Quando o gato estiver estável o suficiente pra ser liberado do cuidado, ele precisará de uma dieta de apoio, monitoramento de perto e atenção à administração das drogas prescritas. Tipicamente, uma dieta de alta qualidade e pobre em proteína é prescrita. Além disso, pode-se oferecer uma dieta apropriada sem comprar a versão prescrita, mas discuta as possibilidades com o veterinário e então siga o plano meticulosamente. Alguns médicos recomendam uma dieta orgânica para gatos com danos hepáticos. Provavelmente medicações serão necessárias, porém em pequenas doses e em uma agenda rígida. A falha ao administrar os medicamentos corretamente levará a um aumento dos danos já instalados no fígado do gato. Verifique as partes da casa cuidadosamente e jogue fora qualquer toxina, como plantas caseiras, venenos, medicamentos e alimentos que sejam tóxicos para o gato.

Tratamentos para níveis altos de ALT e AST em gatos
O cuidado apropriado em casa faz uma grande diferença (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Considerações

Danos ou doenças hepáticas são um problema sério, mas o cuidado rápido e apropriado salva vidas. O fígado tem a habilidade de regenerar as células danificadas, então a recuperação é definitivamente possível. Por outro lado, o fígado é responsável por livrar o corpo de todas as toxinas, seja de alimentos, fármacos ou fatores ambientais, então deve-se sempre prestar atenção ao cuidado do gato. Mantenha o animal dentro de casa e o ambiente em que ele vive livre de toxinas. Notifique o veterinário se o gato não quiser comer, mesmo que por um dia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível