×
Loading ...

Como tratar cachorros com intoxicação por cebolas

Atualizado em 05 julho, 2018

A cebola contém tiossulfato, que é extremamente tóxico para os cachorros. Enquanto uma pequena quantidade na comida não é prejudicial, o acúmulo na corrente sanguínea é possível, causando anemia. Ingerir de 600 a 800 g de cebola, num período curto de tempo, também causa anemia. Expor o animal a 150 g por dia, em vários dias, dá um efeito acumulativo, causando a mesma doença. Baseado na quadro da situação, existem vários métodos para se tratar esse tipo de intoxicação. Se o cachorro ingeriu uma quantidade pequena, a toxina será naturalmente expelida e mínimas ações serão necessárias. As instruções abaixo são para cães que consumiram uma grande dose.

Instruções

A toxina presente na cebola é extremamente perigosa aos cachorros (Janie Airey/Digital Vision/Getty Images)

    Doses grandes

  1. Determine se o cão realmente ingeriu uma grande quantidade de cebola. As evidências incluem o testemunho do consumo ou dos alimentos remanescentes. Os sintomas são: fraqueza, vômitos e presença de sangue na urina, além do diminuído ou nulo interesse em comida. Não espere os sintomas aparecerem se o consumo é suspeitado.

    Loading...
    Se o consumo de cebola é suspeitado, não espere os sintomas aparecerem (Janie Airey/Digital Vision/Getty Images)
  2. Ligue para o seu veterinário. Não saia de perto do animal.

    Ligue para o seu veterinário e não saia de perto do cão, enquanto fizer isso (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)
  3. Se aconselhado ou se o cão ainda não fez, induza o vômito. Se foi indicado, administre oralmente uma colher de sopa de peróxido de hidrogênio para cada 4 kg do peso do seu animal. Se o peróxido não estiver disponível, substitua por uma colher de sopa de mostarda seca para um copo d'água.

    Caso o peróxido não esteja disponível, substitua por uma mistura de mostarda seca com água (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)
  4. Para evitar acidentes, localize a focinheira e coloque-a. O cachorro pode ficar agitado ou assustado devido ao seu nervosismo ou pela situação em si.

  5. Leve rapidamente o animal ao veterinário, a menos que isso não tenha sido aconselhado pelo telefone. Apesar de a toxina ser naturalmente expelida pelo sistema, o cão pode precisar de uma transfusão de sangue nesse meio tempo.

    Leve seu animal rapidamente ao veterinário (Dean Golja/Digital Vision/Getty Images)

    Pequenas doses

  1. Determine se o seu animal consumiu a cebola. Se o diagnóstico for incorreto, o remédio para pequenas porções é menos drástico e não machucará o cão.

    Os cães com intoxicação por cebola podem desenvolver anemia (Janie Airey/Digital Vision/Getty Images)
  2. Contate o veterinário para instruções.

    Sempre entre em contato com seu veterinário (Photodisc/Photodisc/Getty Images)
  3. Se foi aconselhado, administre leite de magnésia. Se não for possível, dê leite de vaca. Isso não é uma cura, mas diminuirá os efeitos da toxina.

    Para diminuir os efeitos, dê leite de magnésia ou comum ao animal (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)
  4. Nos próximos dias, observe se existem outros sintomas. Se uma pequena porção foi ingerida, os sintomas não aparecerão ou desaparecerão quando a cebola for excluída da dieta.

    Observe seu animal nos próximos dias (Thinkstock/Stockbyte/Getty Images)
  5. Imediatamente, leve seu animal ao veterinário se sintomas como diarreia, letargia, presença de sangue na urina ou vômitos, aparecerem.

Loading...

O que você precisa

  • Peróxido de hidrogênio
  • Leite ou leite de magnésia
  • Uma colher de sopa de mostarda seca
  • Um copo d'água
  • Focinheira
  • Contato de um veterinário

Referências

Loading ...
Loading ...