Saúde

Como tratar cavalos com inchaço no jarrete

Escrito por joann joubert | Traduzido por vivian rocha
Como tratar cavalos com inchaço no jarrete

Jarretes inchados causados por ficar muito tempo parado não irão afetar o comportamento ou apetite do cavalo

horse legs image by Vita Vanaga from Fotolia.com

A maioria dos casos de jarretes inchados acontecem quando o cavalo fica "preso", uma condição benigna causada por falta de exercício. Também conhecida como congestionamento estático, é um resultado da agregação de sangue e linfa dentro do jarrete, causando o inchaço. Não é doloroso para o cavalo, e, geralmente, desaparece com o movimento ou atividade. Diagnosticar o problema é fácil, e os tratamentos e prevenção requerem pouco esforço e podem ajudar a controlar este problema, que geralmente estará presente durante toda a vida de um cavalo.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Água gelada
  • Mangueira
  • Cataplasma com sais de Epsom e mentol
  • Acepromazina, corticosteroides ou diuréticos (opcional)
  • Bandagens
  • Álcool isopropílico ou hamamélis

Lista completaMinimizar

Instruções

    Diagnóstico

  1. 1

    Coloque a mão sobre o jarrete inchado para se certificar de que ele está somente inchado e não quente. Se ele estiver quente, significa que há uma lesão.

  2. 2

    Informe-se sobre a história do cavalo. Ele não tem se exercitado ultimamente? Ele passou muito tempo dentro de um estábulos sem muito movimento? Ele foi montado e depois ficou parado por dois ou três dias? Se as respostas a estas perguntas forem afirmativas, o inchaço é provavelmente por ter ficado muito tempo parado.

  3. 3

    Realizar um teste de claudicação. Peça a alguém para observar as pernas do cavalo enquanto você as balança para longe e em seguida na direção do observador, primeiro andando e depois trotando. Se o cavalo está manco, ou se movendo como se estivesse sentindo dor, então você precisa entrar em contato com um veterinário. Se ele apenas apresentar leve rigidez e não parece estar com dor, então o inchaço foi provavelmente causado por ter ficado preso.

  4. 4

    Peça ao seu veterinário para realizar exames como uma radiografia, exame de claudicação, de sangue ou até mesmo uma biópsia da pele para descartar outras possíveis doenças. Se o cavalo não é coxo e a biópsia e exame de sangue estão bons, o problema foi provavelmente causado por ter ficado preso.

  5. 5

    Observe o inchaço por uma semana. Se ele persistir por mais de cinco dias, uma infecção secundária da pele pode surgir. Estas doenças são causadas por bactérias que se abrigam nas dobras da pele, levando a infecções. Além disso, se o inchaço não diminuir dentro de uma semana, mesmo com o tratamento, informe o seu médico veterinário.

    Tratamento

  1. 1

    Use uma mangueira de jardim para jogar água fria na área por 20 a 30 minutos. A água fria no jarrete irá aumentar a circulação dentro da área e pode reduzir o inchaço.

  2. 2

    Tire o cavalo do estábulo para incentivar exercícios leves. Pode ser na forma de uma participação em um circuito fechado ou no campo, se esticando, ou exercícios curtos e fáceis como ser cavalgado. O inchaço deve diminuir entre 30 minutos a uma hora para cavalos mais jovens, mas pode demorar várias horas em cavalos mais velhos.

  3. 3

    Esfregue um adstringente, como o álcool isopropílico ou hamamélis nos jarretes após o exercício para aumentar a circulação.

  4. 4

    Aplique um emplastro feito com sais de Epsom e mentol, a fim de aumentar a circulação e puxar os fluidos através da pele.

  5. 5

    Envolva as bandagens nas pernas traseiras para dar suporte ao jarrete e aplicar pressão, a fim de minimizar o acúmulo de líquido dentro dele. Não deixe-os por mais de 12 horas direto.

    Prevenção

  1. 1

    Manter um horário regular de exercícios para o seu cavalo. Este problema provavelmente irá persistir ao longo de sua vida, por isso, é essencial tomar medidas para a prevenção, e até mesmo exercício moderado é benéfico.

  2. 2

    Aumente o tempo de participação do seu cavalo em um campo ou circuito. Passar algum tempo do lado de fora do estábulo com circulação livre irá diminuir a possibilidade da ocorrência dessa doença. Quanto mais vezes você levar seu cavalo para fora, melhor.

  3. 3

    Esfregue adstringentes, como o álcool isopropílico ou hamamélis na perna do seu cavalo depois de cada sessão de exercícios ou passeios. Eles irão aumentar a circulação e reduzir as chances de inchaços.

  4. 4

    Envolva as bandagens sobre as patas traseiras do seu cavalo em intervalos de 12 horas para dar suporte e aplicar pressão. O melhor é usar durante 12 horas, e depois deixar sem durante 12 horas, e continuar nesse esquema.

  5. 5

    Medique o seu cavalo com acepromazina, corticosteroides ou diuréticos para prevenir e lidar com o inchaço. Eles terão de ser prescritos e adquiridos através de um veterinário.

Dicas & Advertências

  • Não use um cataplasma à base de lama, especialmente se há feridas abertas na carne do jarrete, pois este tipo de cataplasma aumenta as chances de infecção.
  • Se seu cavalo parece manco ou se o jarrete estiver quente, notifique o seu veterinário imediatamente, pois estes são sinais de lesão e pode ser grave.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media