Como usar alho para tratar a doença de Lyme

Escrito por mike marcoe | Traduzido por ricardo schweitzer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O alho possui diversas atribuições como remédio natural e suplemento herbáceo, contendo propriedades antimicrobianas e purificadoras do sangue. Ao ser usado de forma independente ou combinado com outras ervas e remédios farmacêuticos ou prescritos, ele pode auxiliar no tratamento da doença de Lyme. Assim como com qualquer remédio natural, consulte um médico antes iniciar o tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Contrair a doença de Lyme é uma preocupação para pessoas que passam muito tempo ao ar livre ou moram em regiões com muitas árvores. Segundo a clínica Mayo, nos EUA, os sintomas incluem irritação na pele, inchaço nas articulações, calafrios e febre.

Causas

A doença de Lyme é causada por carrapatos, que carregam a bactéria por se alimentarem de sangue animal. Ela é transmitida para humanos pela mordida deste inseto. O primeiro passo é remover o carrapato e consultar um médico para realizar exames específicos. Se você perceber a aparição de uma marca avermelhada, com formato semelhante a um olho de boi, é possível que tenha contraído a doença de Lyme.

Tratamento

O alho tem sido usado como repelente de carrapatos, piolhos e mosquitos por anos. Muitos acreditam que o seu forte odor natural e gosto são desagradáveis para os insetos. Ele também contém propriedades medicinais, que ajudam a limpar o sangue, beneficiam o funcionamento cardíaco e agem como agentes antimicrobianos naturais, matando bactérias indesejadas.

Alho com tratamento médico

O alho, quando usado em combinação com um tratamento médico prescrito para a doença de Lyme, tem se mostrado efetivo na maioria dos casos. Alguns recomendam o seu uso em combinação com outras ervas como cardo-mariano, gingseng, suco de limão e outros chás fitoterápicos. Antibióticos orais normalmente são prescritos por médicos para tratar a doença.

Atenção

Consulte um médico se a doença de Lyme for uma possibilidade. Alguns medicamentos homeopáticos herbáceos recomendados podem ser perigosos ou até causar envenenamento ou outros efeitos adversos, quando tomados sem aconselhamento médico. A cromatina é um fitoterápico que deve ser evitado no caso de doença de Lyme, já que pode causar falha cardíaca e renal. O alho ou qualquer tipo de tratamento natural pode ser muito perigoso, individualmente ou acompanhado de medicamentos prescritos, se um médico não for consultado antes do início do tratamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível