Saúde

Como tratar as feridas expostas nos cachorros

Escrito por danielle gream | Traduzido por wanderson david
Como tratar as feridas expostas nos cachorros

Tratar de uma ferida exposta pode salvar a vida de um cachorro ferido

dog image by Dragomir Uzunov from Fotolia.com

Frequentemente nossos animais de estimação acabam se encontrando em situações nada seguras. Mesmo se bem comportado, os cachorros treinados podem encontrar perigos que levam a lesões. Após ser ferido em uma briga ou sofrer uma pancada de um veículo, um cachorro pode ter uma ferida exposta que precisa de atenção imediata. Embora os minutos seguidos de um acidente possam ser estressantes e caóticos, estar preparado e bem informado pode te ajudar a salvar a vida de uma cachorro ferido.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Mordaça
  • Coleira
  • Água morna
  • Pinça
  • Tesoura
  • Pomada antibiótica
  • Gaze
  • Cobertor

Lista completaMinimizar

Instruções

    Cuidando de um cão ferido

  1. 1
    Para sua segurança, use uma focinheira ou mordaça para que o cão ferido não o morda em auto-defesa.

    object on white tool muzzle for dog image by Aleksandr Ugorenkov from Fotolia.com

    Garanta a segurança. Até mesmo um cachorro manso e bem comportado pode atacar quando estiver ferido. Antes de se aproximar de um cachorro ferido, certifique-se de que os perigos, como por exemplo outros animais, ou tudo aquilo que possa ter ferido o cachorro, não esteja mais presente. Use uma mordaça, se disponível (ou faça uma usando uma gaze), para impedir mordidas de auto-defesa do cachorro ferido. Visto que os animais feridos podem tentar fugir, coloque uma coleira ou confine o cachorro sem fazê-lo se sentir preso ou ameaçado.

  2. 2
    Depois de lavar com água morna, retire partículas como cacos e pequenas pedras usando uma pinça.

    tweezer 3 image by askthegeek from Fotolia.com

    Avalie e limpe a ferida. Determine se o cachorro tem uma pequena abrasão (arranhão profundo na pele sem dano ao tecido) ou uma ferida mais seria e mais profunda. Se possível, lave suas mãos antes de dirigir-se à ferida. Remova os detritos e sujeiras enxaguando com água morna; use uma pinça para remover qualquer partículas como cacos de vidro ou pequenas pedras. Depois de enxaguar, tente aparar qualquer cabelo em volta da ferida. Aplique uma pomada antibiótica nas feridas propensas a infecção, como mordidas.

  3. 3
    Use gaze ou pano limpo para fazer pressão, para casos mais graves aplique um torniquete e procure um veterinário.

    gauze image by Henryk Olszewski from Fotolia.com

    Aplique pressão. Use uma gaze ou um tecido limpo para embrulhar a ferida para ajudar a reduzir a velocidade do sangramento. É importante não remover a gaze para verificar a ferida, já que fazendo assim o processo de coagulação levará mais tempo para ser concluído e o mesmo é extremamente importante para parar o sangramento. Aplique um torniquete em qualquer área em que haja uma perda de sangue muito intensa. O aplique deve ser entre a ferida e o coração, certificando-se de não interromper completamente a circulação. A "American Veterinary Medical Association" recomenda soltar o torniquete por 20 segundos a cada 15-20 minutos. Nas situações em que o torniquete é necessário, entre em contato com um veterinário ou um serviço veterinário de emergência imediatamente.

  4. 4
    Fique atento aos sinais de estado de choque como expressão de assombramento ou fraqueza.

    dog face image by Albert Lozano from Fotolia.com

    Fique atento ao estado de choque. Um cachorro pode entrar em estado de choque após um evento traumático como uma ferida severa. Alguns dos sintomas do estado de choque são: respiração rápida e de pouca profundidade, mandíbula pálida, uma expressão de assombramento ou fraqueza. No caso do estado de choque ou se o cachorro estiver inconsciente, mantenha-o aquecido e contido e procure por cuidado veterinário imediatamente. Se ele estiver inconsciente, mantenha o nível de sua cabeça igual ao de seu corpo.

Dicas & Advertências

  • Tenha sempre um kit de primeiros-socorros para cachorros em sua casa ou veículo para emergências. Devem estar inclusos no kit um termômetro retal, cortador de unhas, tesoura, pinças, um cobertor, gaze, pomada antibiótica e "Betadine", peróxido de hidrogênio e água.
  • Os primeiros-socorros devem ser usados apenas como uma triagem. Você deve sempre consultar um veterinário após um ferimento.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media