Mais
×

Como tratar infecção de bexiga em gatos

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As infecções do trato urinário bexiga em gatos, também conhecidos como cistite, tem uma variedade de causas e sintomas. O tratamento adequado depende de um diagnóstico preciso e oportuno. Este artigo descreve as causas comuns e melhores tratamentos para estas condições.

Instruções

Como tratar a infecção de bexiga em gatos (cat image by Raja stills from Fotolia.com)

    Diagnóstico

  1. Reconheça as causas usuais das infecções da bexiga. A infecção pode ser causada por: infecção bacteriana, alto teor de cinzas e mineral no alimento seco, desidratação e stress.

  2. Reconheça os sintomas de problemas urinários em gatos, como esforço excessivo ou de cócoras ao usar a caixa de areia, micção frequente ou ausente, miado incomum ou choro ao urinar, urinar fora da caixa de areia (particularmente em superfícies duras e frias), sangue na urina, limpeza excessiva dos órgãos genitais, vômitos e depressão.

  3. Leve o gato ao veterinário para um exame. O veterinário irá procurar por pedra na bexiga e pressionar a bexiga, para ver se o bloqueio está impedindo a liberação da urina. Se houver qualquer obstrução, o veterinário irá inserir uma agulha no interior da bexiga para extrair uma amostra de urina. A agulha não vai machucar o gato e vai ajudar a aliviar a pressão da bexiga. O veterinário também pode extrair o sangue e tirar raios-X.

  4. O exame de urina vai verificar se há cristais, sangue, bactérias na urina bem como os níveis de pH. O teste de sangue identifica outros problemas médicos relacionados. Os raios-X irão exibir pedras, tumores ou anomalias congênitas.

    Tratamento

  1. Tente reduzir o nível de estresse do seu gato, que pode ser um fator em qualquer problema urinário do animal. Fontes ambientais de estresse incluem viagens, um novo local e um novo animal ou pessoa em casa.

  2. Proporcione tratamento imediato para os cristais ao reidratar o gato geralmente por administração veterinária IV. Evite a formação futura de cristais mudando a dieta do gato e garanta que ele beba mais água. O veterinário irá recomendar mudanças dietéticas específicas com base nos tipos de cristais e os níveis de pH na urina. Se o gato se recusa a comer o novo alimento, o veterinário pode prescrever acidificantes urinários.

  3. Trate a infecção bacteriana com antibióticos. Dê ao gato sua medicação como houver sido prescrita.

  4. O veterinário irá remover o bloqueio do trato urinário através da inserção de um cateter na uretra para retirar o bloqueio e eliminá-lo. Deixe o cateter no local por 24 horas para prevenir a recorrência de bloqueio. O procedimento requer anestesia, internação hospitalar e antibióticos.

  5. Anomalia congênita ou tumor devem ser tratados com cirurgia. Peça ao veterinário para explicar o procedimento, os riscos e cuidados.

Dicas

  • Introduza mais água na dieta do seu gato, misturando-a com o alimento úmido e restringindo a quantidade de comida seca.

Aviso

  • Contacte o seu veterinário imediatamente se você suspeitar de um bloqueio. Obstruções da bexiga apresentam um risco mais sério para os gatos machos porque sua uretra é menor. Uma obstrução não tratada dentro de 48 horas pode resultar em morte por insuficiência renal.
  • Problemas de bexiga e urinários representam um sério risco à saúde, se o seu gato apresenta quaisquer sinais de alerta, leve-o ao veterinário imediatamente.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article