Como tratar um infecção urinária durante amamentação

Escrito por jamie wilson | Traduzido por kelly isay
Como tratar um infecção urinária durante amamentação

Antibióticos podem ser passados para o bebê através do leite

Boy and Mother image by Tadeusz Ibrom from Fotolia.com

Embora seja importante para a saúde da mulher tratar uma infecção no trato urinário, também é importante para mães lactantes não passarem antibióticos fortes para seus bebês, cujos sistemas podem não ser capazes de aguentá-los. A alternativa é tratar essas infecções com produtos naturais, ou usar antibióticos menos potentes, que são conhecidos por serem seguros para crianças. Contudo, em casos de infecções urinárias sérias, as mulheres podem ter que parar de amamentar o bebê para tratar agressivamente a doença. Prepare-se para essa eventualidade bombeando e guardando leite materno.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Citrato de cálcio
  • Citrato de magnésio
  • Suco de cranberry
  • Suco de mirtilo

Lista completaMinimizar

Instruções

    Tratamento da infecção urinária

  1. 1

    A melhor escolha para as mulheres que estão amamentando é o tratamento natural. Siga o senso comum primeiro: aumente sua ingestão de água, use roupa íntima que não seja muito apertada e urine frequentemente para eliminar as bactérias.

  2. 2

    Somente eliminar as bactérias urinando provavelmente será inadequado, então você precisará tornar seu sistema mais alcalino e antibiótico. Tanto o citrato de cálcio como o de magnésio, ambos disponíveis na farmácia como suplementos minerais, tornarão a urina mais alcalina de uma forma segura, assim como adicionar cálcio e magnésio à sua dieta. Não exagere; tome comprimidos como indica o rótulo.

  3. 3

    Beba suco de cranberry ou mirtilo, sem açúcar, e evite todas as bebidas doces. As duas frutas possuem propriedades antibióticas que podem ser muito eficazes contra a infecção urinária, e limitar a sua ingestão de açúcar priva as bactérias de nutrientes.

  4. 4

    Não tome outros remédios naturais, como a hidraste, sem falar com seu médico primeiro. Embora muitos fitoterápicos sejam seguros e eficazes, eles podem interagir com as medicações que estão sendo tomadas, e alguns podem passar para o bebê através do leite materno.

  5. 5

    Se você tentou tratamentos naturais por uma semana e ainda tiver infecção urinária, é a hora de falar com um médico sobre tratamento farmacológico. Felizmente, há muitos medicamentos hoje que funcionam rapidamente e bem no combate a essa doença, mas que não passam para o leite materno, ou que passam mas são seguros para o seu bebê.

  6. 6

    Por fim, haverá algumas infecções que não responderão bem a tratamentos naturais nem aos antibióticos seguros para o bebê. Nesse caso, peça ao seu médico o tratamento de ação mais rápida para que você não acabe com o estoque de leite tão cedo.

Dicas & Advertências

  • Nunca é demais falar: bombeie e guarde o leite materno durante o tratamento seguro para o bebê. Você sempre pode jogar fora o que não for usado.
  • Se você tiver de usar o tratamento que não é seguro para o bebê e ele estiver passando por um pico de crescimento, peça ao seu médico para esperar. Bebês em uma grande fase de crescimento podem consumir o leite estocado muito rápido.
  • Lembre-se de que os tratamentos com fitoterápicos podem interagir com outras medicações que você estiver tomando, assim como podem passar para o leite materno. É melhor evitá-los a menos que sejam recomendados por seu médico.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media