Como tratar ossos quebrados de gatos em casa

Escrito por frances c. fernandes | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar ossos quebrados de gatos em casa
Gato siamês: Após um acidente, um gato pode não exibir sinais de ossos quebrados (Lanmccor: Wikipedia Commons)

Gatos podem ter nove vidas, mas algumas das suas aventuras os deixam bem desgastados. A queda de uma árvore ou um encontro com um carro pode deixar o gatinho com ossos quebrados, uma lesão que pode se tornar um risco de vida se não for tratada. O ossos precisam ser ajustados por um profissional, mas será necessário confortar, acalmar e prender seu gato antes de sujeitá-lo a uma jornada ao veterinário.

Em caso de trauma, verifique se o animal sofreu um choque, que pode se desenvolver rapidamente e ser fatal. Respiração ou batimentos cardíacos rápidos e gengivas muito pálidas podem indicar o choque, a condição onde os órgãos vitais não estão recebendo sangue oxigenado o bastante. Envolva-o imediatamente e prenda-o e leve ao veterinário para que ele tenha um tratamento adequado. Se o choque não for uma questão iminente, proceda da seguinte forma:

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Água quente
  • Pano limpo
  • Curativo esterilizado
  • Cobertor ou toalha
  • Caixa de transporte de animais

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Observe o gato cuidadosamente para ver se ele está mancando, segurando um membro em ângulo estranho ou reclamando. Gatos possuem uma alta tolerância à dor, então examine-o cuidadosamente para o caso de pele descolorida, sons de estalos ao andar ou incapacidade de ficar em pé se sua parte posterior for pressionada. Esses sintomas podem indicar uma fratura.

  2. 2

    Acalme o gato o quanto for possível. Levante-o e mova-o lenta e gentilmente, suportando todo o comprimento do corpo, a fim de manter os membros imóveis.

  3. 3

    Limpe quaisquer feridas visíveis. Após enxaguar as áreas afetadas com água quente, cubra com curativos esterilizados. Mesmo um lenço sanitário serve.

  4. 4

    Envolva bem o gato, mas não o aperte demais, em uma toalha limpa ou cobertor, com o membro lesionado perto do corpo.

  5. 5

    Coloque o gato gentilmente em uma caixa de transporte bem acolchoada para que ele não tente se mover no caminho até o veterinário.

Dicas & Advertências

  • Evite que o gato morda ou lamba a área lesionada após o tratamento. Se necessário, coloque uma coleira elizabethana para que ele não alcance a ferida.
  • Algumas fraturas são evitáveis. Suplementos de vitaminas e minerais irão minimizar a vulnerabilidade do seu gato à deficiência de cálcio e doenças ósseas.
  • Não tente fazer talas nos ossos quebrados sozinho. Isso pode piorar a lesão e causar infecções.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível