Como trazer um novo cachorrinho para a família com um cachorro já existente

Escrito por lauryn macy roberts | Traduzido por larissa frança
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como trazer um novo cachorrinho para a família com um cachorro já existente
Para um cachorro já existente em uma casa, um novo filhote é um invasor (Apple Tree House/Lifesize/Getty Images)

Para um cachorro já existente em uma casa, um novo filhote é um invasor. Pelo que ele entende, as coisas estão ótimas do jeito que estão, e o pacote não precisa incluir um cachorrinho latindo e saltitando para estragar a ordem social. Se você decidiu que chegou a hora de adicionar um cachorro na família, a transição pacífica é possível dando a ambos os animais tempo suficiente para se acostumarem um com o outro e verem que você tem amor mais que suficiente para os dois.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cercado de treinamento
  • Portão expansível

Lista completaMinimizar

Instruções

    Decidindo sobre um segundo cachorro

  1. 1

    Considere quão bem seu cachorro se dá bem com outros cães antes de tomar uma decisão final sobre comprar um novo filhote. Se o seu cachorro mais velho possui uma socialização fraca, ele protegerá seu território e agirá agressivamente com o novo filhote.

  2. 2

    Escolha um filhote cujo nível de energia combinará como do seu cachorro. Um cão excepcionalmente brincalhão irritará um que seja mais calmo e você passará um bom tempo lidando com as consequências.

  3. 3

    Leve em consideração a idade do seu cachorro quando decidir o melhor momento para adicionar um filhote na família. Se eles forem muito próximos ou muito separados em relação à idade, os problemas de socialização serão mais prováveis. Os treinadores dizem que uma diferença de três anos é a melhor chance para um emparelhamento bem-sucedido.

  4. 4

    Escolha um filhote do sexo oposto. Contanto que ambos os cães sejam esterilizados ou castrados, fêmeas e machos parecem se dar melhor que dois cachorros do mesmo gênero.

    Local de encontro neutro

  1. 1

    Apresente os cães em uma localização neutra. Se levar o filhote para casa de imediato, seu cão mais antigo irá se sentir protetor do seu território. Utilize o quintal de um vizinho ou parque local, contanto que o cachorro antigo não tenha passado tempo lá antes. Os dois devem estar com coleira e supervisionados por uma pessoa diferente para o primeiro encontro.

  2. 2

    Permita que os cachorros primeiro se vejam de longe e então, gradualmente, coloque-os mais perto. Uma vez que estejam próximos o suficiente, deixe-os se cheirarem e conhecerem. Fale com eles calmamente, elogiando-os pelo bom comportamento. Dê aos cães comandos simples para serem seguidos e ofereça guloseimas quando cumprirem. Se conseguir projetar um clima relaxado, eles provavelmente irão pegá-las e permanecerão calmos.

  3. 3

    Preste atenção à postura corporal do seu cão mais antigo com o passar do encontro. Se ele mostrar os dentes, rosnar ou encarar o filhote, estará sentindo-se agressivo. Quando um cão eleva o pelo da nuca, também é um sinal de que a tensão precisa ser diminuída. Separe os dois cães, colocando distância entre eles e trabalhe positivamente para reforçar o cachorro mais antigo. Quando ele estiver seguindo seu comando, gradualmente aproxime o filhote e deixe-os interagirem novamente.

    Treinamento individualizado

  1. 1

    No início, mantenha os cachorros em áreas separadas da casa, utilizando um portão expansível ou cercado de treinamento. Não alimente-os na mesma vasilha ou espere que o cão mais antigo divida seus ossos. Deixe-os terem curtos momentos para brincar, e gradualmente aumente o tempo que eles passam juntos. Isso irá diminuir as chances de que o cachorro mais velho se torne territorial.

  2. 2

    Treine o filhote separadamente do cão antigo. Mesmo que o mais velho esteja bem comportado e deitado próximo, ele pode ser uma distração para o cachorrinho. Para treinar seu cão com sucesso, você precisa da atenção completa dele.

  3. 3

    Supervisione os cães sempre que estiverem juntos até que esteja convencido de que eles se aceitaram e podem ser deixados sozinhos sem a possibilidade de brigas ou implicâncias.

Dicas & Advertências

  • Se você já possui muitos cães, apresente o filhote a cada um separadamente. Isso levará tempo no começo, mas apressar o processo pode trazer problemas de socialização já que eles irão brigar pela hierarquia do bando.
  • Se o seu cachorro antigo for idoso, a energia constante de um filhote pode ser mais do que ele possa lidar. Pense cuidadosamente sobre o estresse que um cão novo pode causar para ele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível