Como treinar um cachorro para não atacar outros cachorros

Escrito por mika lo | Traduzido por valéria wanda fernandes barbosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como treinar um cachorro para não atacar outros cachorros
Com um pouco de persistência e perseverança, você pode treinar seu cachorro para que ele não ataque outros. (Photo provided by sue_r_b.)

As pessoas, geralmente, esquecem que o melhor amigo do homem costumava ser um animal selvagem antes de ser domesticado, então, vários dos genes e instintos que o cachorro possuía na vida selvagem ainda existem nele. A maioria das pessoas não percebe isso até que seu cachorro tenha um encontro violento com outro. Com um pouco de persistência e perseverança, você pode treinar seu cachorro para que ele não ataque outros.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Corrija comportamentos inaceitáveis imediatamente. Cachorros tentam estabelecer o seu papel de dominância instintivamente quando se encontram com outro cachorro, e ele será protetor em relação ao seu dono, território e si próprio. Nada pode ser feito para vencer a genética completamente, mas reprima esse tipo de comportamento intervindo rapidamente quando o seu cachorro for agressivo com outro. Um "não" rápido, firme e consistente a cada ocorrência vai fazer com que seu cachorro saiba que esse tipo de comportamento não é desejado e não será tolerado.

  2. 2

    Reconheça a linguagem corporal do cachorro. Uma das etapas do treinamento é reconhecer quando um cachorro mostra sinais de comportamento agressivo. Um cachorro que está demonstrando uma linguagem corporal agressiva terá um rabo ereto, p corpo rígido, orelhas eretas e pescoço abaixado. Ele talvez rosne e mostre os dentes. Corrija esse comportamento agressivo assim que você o ver.

  3. 3

    Socialize seu cachorro com outros devagar. A única maneira de treinar um cachorro para não atacar outros é socializá-lo adequadamente. Comece introduzindo um cachorro estranho à uma distância que não cause reação, se certificando de que os cachorros saibam da presença do outro. Elogie o cachorro por não reagir. Nas semanas seguintes, repita essa ação, diminuindo a distância entre os cachorros lentamente, mas com firmeza. Use um cachorro diferente a cada encontro para que seu cachorro saiba que ele não deve atacar nenhum cachorro, independente de estar ou não acostumado com ele.

  4. 4

    Use uma coleira. Cachorros são mais propícios a atacarem outros cachorros quando estão sem coleira e perto dos seus donos ou território. Use uma coleira para ajudar a evitar desentendimentos com outros cachorros, restringindo o seu cão. Evite a ameaça de ataque atravessando a rua quando tiver outros cachorros na mesma rua, caso você saiba que seu cachorro não está completamente socializado.

  5. 5

    Pegue a rota médica. Contenha a agressividade de cachorros machos através da castração, que muda o cheiro do cachorro e seu nível de testosterona. Isso pode acabar com as brigas com outros cachorros, já que vai fazer com que outros cachorros se sintam menos ameaçados e o macho castrado fique menos agressivo. Tratamentos hormonais estão disponíveis com um veterinário, caso a castração não funcione ou seu cachorro seja fêmea.

Dicas & Advertências

  • Para ajudar a evitar uma briga entre cachorros sem coleira, se posicione entre o seu cão e o outro e se afaste lentamente. A maioria dos cães agressivos com outros cães não são agressivos com os humanos, então, você estará reduzindo a ameaça de briga. Não tente fazer isso se os dois cachorros estão a uma distância capaz de morder ou se eles estiverem prontos para atacar. Os cães menores podem ser pegos.
  • Intervir em uma briga ativa de cachorros não é recomendado caso você não tenha treinamento, isso pode deixar o cachorro ainda mais agressivo e fazer com que a briga seja direcionada para o humano.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível