Mais
×

Como treinar filhotes de pitbull para se tornarem cães de guarda

Atualizado em 21 novembro, 2016

A aparência e a má reputação de um pit bull é uma vantagem para qualquer cão de guarda dessa raça. Um cão de guarda é treinado para atacar ou bloquear um intruso para proteger sua família e lar. Ao contrário da crença popular, existe alguma controvérsia sobre se os pit bulls são bons cães de guarda ou não. Alguns dizem que eles não são. De acordo com o site "Pit Bull Rescue San Diego", Os cães dessa raça amam os humanos e como resultado, eles tratarão os estranhos como amigos e não como ameaça; entretanto, o site "Dog Breed Info Center" diz que os pit bulls podem ser bons cães de guarda e que eles são bem-sucedidos ao proteger seus donos de forma apropriada. De qualquer forma, é importante entender que, com um treinamento adequado, qualquer cão pode ser treinado para se tornar um cão de guarda, mesmo um filhote de pit bull.

Instruções

Com um treinamento adequado, qualquer cão pode ser treinado para se tornar um cão de guarda, mesmo um filhote de pit bull (Pit image by Mark D. Farthing from Fotolia.com)

    Socialização

  1. Socialize seu filhote. Familiarize-o com humanos e animais estranhos já que não se quer que ele ataque qualquer estranho com o qual ele entrar em contato. Além disso, familiarize-o com seu ambiente. Passeie com ele regularmente, já que isso fará com que ele se acostume com os ruídos do transito e outros, naturais da vizinhança. Por ultimo, seu filhote deve ser ensinado a respeitar e interagir com outros animais, outros membros da família e crianças. De acordo com o site "The Real Pit Bull", "A raça ama pessoas, e gostam de estar ao redor delas em qualquer idade, especialmente quando elas forem ensinadas desde cedo que as pessoas equivalem às 'coisas boas' como petiscos, afagos na barriga e brinquedos". A socialização com os pit bulls deve começar entre 7 e 12 semanas de idade.

  2. Ensine seu filhote sobre obediência básica. Em geral, os pit bulls são conhecidos como cães obedientes assim que são treinados. Seu filhote precisará aprender a obedecer a cada comando dado. Para ganhar a lealdade e confiança do seu filhote, ensine comandos e recompense com petiscos. Assim que ele aprender a obedecer, ele poderá aprender a atacar ao comando. Ensine seu filhote a não aceitar comandos ou petiscos de outras pessoas além de você. O Site "Dog Teachers.com" aponta que "Isso é muito importante porque um cão de guarda se torna essencialmente inútil se um intruso for capaz de dar comandos simples como 'abaixar' e 'ficar' e fazer o cão obedecer enquanto ele segue em direção à propriedade". Além disso, aceitar petiscos de estranhos é perigoso já que o cão se torna passível de subornos ou distrações enquanto o intruso invade sua casa.

  3. Estabeleça regras. Quando treinar um filhote, é importante que não se deixe ele se tornar o cão alfa. De acordo com o site "Dog Breed Info" "O pit bull pode fcar teimoso com donos dóceis e precisa de uma mão firme". Estabeleça regras e limites. Como resultado, você se torna o líder, e o cão aprende o que for ensinado mais facilmente.

  4. Encontre um centro de treinamento respeitável. Para algumas pessoas, isso funciona melhor do que treinar seu cão sozinho, já que a formação de cães de guarda pode ser bastante séria. Os pit bulls possuem uma má reputação já que eles são vistos em brigas de cães; entretanto, a raça é amigável. Apesar de que qualquer cão pode ser um cão de guarda, um treinador respeitado irá avaliar o animal para determinar de o filhote possui o que é preciso para se tornar um bom cão de guarda, como a vontade de agradar seu dono.

Aviso

  • Cães de guarda são animais potencialmente perigosos, então é importante contactar um treinador respeitado para mais informações se estiver considerando treinar seu filhote sozinho.

O que você precisa

  • Petiscos para cães
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article