Treino de chute no futebol

Escrito por chris simon | Traduzido por ana cristina carneiro
Treino de chute no futebol
Há diferentes formas de se chutar uma bola de futebol (free kick ii image by Mitchell Knapton from Fotolia.com)

Parte da habilidade geral do jogador de futebol é saber como e quando usar diferentes tipos de chutes em várias situações. Os iniciantes no futebol devem trabalhar em controlar a bola antes de chutar, enquanto os jogadores avançados podem praticar acertar a bola sem ajeitá-la primeiro. Existem vários exercícios de chutes, como mirar em um alvo na parede ou driblar em diferentes direções antes de chutar. Ter a capacidade de chutar uma bola em qualquer situação melhorará todos os aspectos do jogo de um jogador. Diferentes tipos de chutes são usados ​​para passar, finalizar, desmarcar e dar um passe de longo alcance.

Toque de bola

Este chute é dado com o pé de apoio a cerca de aproximadamente 10 cm para o lado da bola com os dedos apontados na direção de um companheiro de equipe. O tornozelo fica travado em 90 graus, enquanto o pé que chuta é levado para trás e, em seguida, levado à frente através do centro da bola. O tornozelo que chuta deve estar perpendicular ao pé de apoio. O contato com a bola deve ser feito com o arco do pé e acompanhado na direção de um companheiro de equipe. O toque ideal é quando a bola rola sem problemas, não fazendo saltos ou quicando pelo chão, tornando-se difícil para que o companheiro de equipe controle-a.

Chip — Passe longo

O chip pode ser usado para um chute ou toque. É quando a bola é levantada no ar e por cima da cabeça de um jogador adversário. O pé de apoio é plantado ao lado da bola com os dedos apontados para o seu alvo. Impulsione o pé de chute para trás e, em seguida, para a frente, sem mover a coxa, se possível. Corte a bola rente ao chão com a ponta de seus dedos. A bola se elevará e girará verticalmente. Este é um bom método para utilizar quando o goleiro estiver posicionado fora do gol.

Voleio

O voleio é usado para chutar a bola quando ela ainda está acima do solo, no ar. Um bom voleio deve ser cronometrado corretamente. O jogador deve se concentrar em quando movimentará a perna e não em onde fará contato com a bola. A bola será atingida pelo centro da região do cadarço da chuteira. O jogador deve manter o corpo em linha reta ao executar um voleio e tentar manter a bola baixa se estiver chutando a gol.

Tiro livre

Cobranças de falta são concedidas quando um jogador é derrubado em qualquer lugar do campo. O time que cobrará a falta posiciona a bola onde a falta ocorreu. A bola não deve se mover e a equipe adversária não pode atacar, devendo recuar 10 m até que o chute seja dado. Um chute livre em torno da área de pênalti do adversário oferece uma oportunidade para a equipe atacante marcar. Os chutes livres podem ser praticados em um campo de treinamento. O jogador que chuta a bola tenta lançá-la por cima da barreira defensiva, formada por jogadores adversários, e mergulhá-la para dentro do gol, mas deve chutar com potência suficiente para vencer o goleiro. A técnica é difícil de dominar, mas será uma habilidade útil para o jogador, se aperfeiçoada.

Chute a gol

Não há maneira certa ou errada para aperfeiçoar e executar o tiro a gol. Geralmente, um atacante acertará a bola na área dos cadarços da chuteira, o mais forte e mais baixo possível. Às vezes, bater na bola com força demais fará com que ela perca a rota e passe por cima do gol. Um simples chute lateral será suficiente para marcar se o atacante estiver perto do gol. Praticar chutes de diferentes ângulos melhorará a consciência dos jogadores e sua habilidade de marcar gols.