Triglicérides elevados em cães

Escrito por daniel cobalt | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Hipertrigliceridemia é o termo médico para altos níveis de triglicérides. Ela ocorre em seres humanos e também em cães. Ela é encontrada mais frequentemente em algumas raças e muitas vezes é relacionada a outro transtorno médico. O veterinário irá fazer em seu cachorro um exame de sangue em jejum para determinar se os triglicérides estão anormalmente elevados. Triglicérides elevados podem causar muitos problemas, incluindo doença hepática e pancreatite.

Outras pessoas estão lendo

Hiperlipidemia

Hipertrigliceridemia e hipercolesterolemia são os dois tipos mais comuns de hiperlipidemia. A hiperlipidemia é a presença de muitas moléculas de gordura no sangue. Normalmente, essas gorduras aumentam após as refeições, mas, em seguida, caem de volta para níveis normais. Com hiperlipidemia, os níveis de gorduras ficam sempre altos. As gorduras, chamadas de lipídios, engrossam o sangue. Os quilomícrons — triglicerídeos com um revestimento de proteína — podem fazer o sangue parecer branco-amarelado.

Hipertrigliceridemia primária

A hipertrigliceridemia primária é uma condição em que um nível de triglicérides alto não está conectado a outro transtorno. Sua origem pode ter predisposição genética. Embora ela ocorra em muitas raças e até mesmo em raças misturadas, as mais comumente afetadas são schnauzers miniatura e beagles, seguidos de Shetland sheepdogs, pastor-de-brie, collies e poodles.

Causas secundárias

Cães com diabetes mellitus, hipotireoidismo, obesidade, pancreatite, doença de Cushing, doença hepática e alguns outros distúrbios podem desenvolver hipertrigliceridemia como uma condição secundária. Uma dieta rica em gordura e carboidratos pode ser a causa. Se o cachorro tiver qualquer um desses distúrbios, o veterinário deve verificar regularmente os triglicérides. Como essas doenças podem causar hipertrigliceridemia, o controle da quantidade de gordura na dieta do cão deve ser discutido com o veterinário, mesmo se os níveis de sangue estiverem normais.

Induzida por medicamentos

Alguns medicamentos podem fazer com que o seu cão desenvolva triglicérides elevados. Os mais comuns são os corticoides (esteroides), progesterona (hormônios) e fenobarbital (medicação para convulsão). Se o cão estiver usando esses medicamentos, o veterinário deve verificar regularmente para se certificar de que os níveis de triglicerídes permaneçam normais.

Sintomas

Se o cão tem triglicérides elevadas, pode não haver qualquer sintoma evidente até que os níveis estejam muito elevados. Muitas vezes, você pode não perceber que o cão tem um problema até que seja feito o exame de sangue de rotina. Às vezes, os sintomas incluem vômitos, diarreia e convulsões.

Tratamento

Com hipertrigliceridemia primária, para trazer os níveis de sangue dentro do normal, alimente seu cão com uma dieta baixa em gordura e carboidratos, e rica em fibras. Também pode ajudar a redução de peso e a prática exercícios físicos. Converse sobre óleo de peixe e suplementos de ômega 3 com seu veterinário, e como eles podem ajudar a diminuir os níveis. Se a hipertrigliceridemia é devida a outra doença, essa desordem deve ser tratada a fim de efetivamente reduzir os níveis de triglicérides. Existem alguns medicamentos para triglicérides elevados, mas eles são considerados a última opção, pois podem causar catarata e outros efeitos colaterais. O controle é mais difícil em cães que tenham predisposição genética. Para muitos cachorros, um tratamento ao longo da vida e mudanças alimentares podem ser necessárias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível