Conhecimento

Quando trocar as molas de suspensão do seu carro?

Escrito por jody l. campbell | Traduzido por rafael reis
Quando trocar as molas de suspensão do seu carro?

É trabalho dos amortecedores prevenir o balanço do veículo

suspension image by Steve Mann from Fotolia.com

Existem diferentes aplicações para a suspensão por molas. Na maioria dos veículos com tração dianteira, as molas de suspensão são montadas no suporte e envolvidas ao redor dele. Veículos comerciais pesados possuem as molas entre o chassi e a carroceria e possuem amortecedores como um componente de suspensão separado. Outro item popular no mercado de suspensão é o amortecedor de mola. Como em um suporte, a mola se envolve ao redor do amortecedor, mas geralmente não é parafusada à junta de direção da mesma forma que uma estrutura é. Você deve trocar amortecedores e estruturas mais frequentemente do que as molas, mas inspecione-as quando for trocar qualquer componente da suspensão.

Outras pessoas estão lendo

Vida útil das molas de suspensão

As molas de suspensão podem e vão ficar comprometidas com o tempo. No entanto, dependendo da aplicação do veículo, muitas molas podem durar ao longo da vida útil do veículo. Não existe, de fato, uma data de validade para molas de suspensão, mas há algumas coisas a serem checadas ao inspecionar sua suspensão. Uma vez que as molas suportam o peso do veículo, é trabalho dos amortecedores ou das estruturas prevenir o balanço. Movimente a suspensão dianteira (e a traseira, para este fim) e conte quantos balanços ocorrem depois que você solta o veículo. Dois ou mais balanços significam amortecedores ou estruturas fracas. Mas o que causa isso? O tempo é um culpado determinante. Molas de suspensão são muito mais duráveis do que amortecedores e estruturas, e muitas vezes a troca dessas peças fará com que o veículo volte ao seu nível de desempenho original. No entanto, amortecedores fracos irão forçar as molas, se forem ignorados por muito tempo. Quando as molas enfraquecem, você irá notar um som de peças batendo ou cedendo, devido às molas não poderem mais oferecer estabilidade ao peso do veículo. Além disso, molas fracas irão danificar os amortecedores e as estruturas, porque sua distância de rebote irá se tornar muito maior do que os componentes são criados para operar. Molas fracas comprometem a altura de circulação do veículo, e isso comprometerá o alinhamento. Comparar a altura de circulação com as especificações irá ajudá-lo a determinar se as molas estão operando em conjunto com os amortecedores e as estruturas.

Coisas para se procurar

Alguns veículos possuem um longo histórico de molas se quebrando. Essa é uma situação perigosa, dependendo da posição da quebra na mola. Devido às molas estarem posicionadas próximas ao pneu, não é tão incomum que elas furem os pneus ou batam contra a lateral, fazendo com que os pneus esvaziem; ou pior, estourem. Ao inspecionar as molas de suspensão, passe as mãos em volta delas de frente para trás. Algumas molas possuem uma capa de proteção que esconde os freios; mas se você passar as mãos em volta da mola simétrica, irá sentir qualquer anomalia, quando houver. Outra coisa para se ouvir e procurar é qualquer rangido na placa de rolamentos. Perceba isso movimentando o volante para frente e para trás e prestando atenção a qualquer rangido. Placas de rolamento comprometidas irão manipular as molas de maneira que não foram feitas para operar e eventualmente irão se desgastar.

Quando fazer e o que fazer

Você deve trocar as molas de suspensão toda vez que trocar os amortecedores ou os suportes? Não. Inspecione as molas toda vez que trocar qualquer componente da suspensão. Juntas de rolamento, terminais de direção, pendurais, tirantes e braços de controle comprometidos podem causar estragos às molas de suspensão, aos amortecedores ou ao suporte. Meça a altura de circulação do veículo e então compare com as especificações. Uma vez que as molas de suspensão suportam o peso do veículo, um veículo que esteja muito baixo pode muito bem as molas comprometidas. Compare também a altura de circulação lado a lado com o mesmo eixo. As molas são componentes individuais, e não é impensável que um lado possa estar comprometido enquanto o outro está OK. Uma vez que isto fará com que um lado do veículo ceda mais, troque as duas neste caso. Sempre troque amortecedores, suportes, molas de suspensão e molas semielípticas em conjunto em vez de realizar trocas individuais. Você deve sempre trocar os amortecedores e os suportes quando for alterar as molas de suspensão? Enquanto muitos irão discutir a necessidade disso, a menos que você saiba por quanto tempo as molas estiveram danificadas, precisará entender que o amortecedor ou o suporte sofreram com a folga das molas. Para uma viajem mais agradável, troque os amortecedores e os suportes. Se precisar economizar, então não os troque.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media