Mais
×

Truques curiosos usados na fotografia de alimentos

Conheça os truques para uma foto de comida perfeita
Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Introdução

A fotografia de alimentos está na moda. Com a popularização dos smartphones e as redes sociais, como Facebook e Instagram, as pessoas estão compartilhando todos os momentos de suas vidas. As fotos de comidas estão entre os itens mais publicados e comentados. Com alguns truques, é possível melhorar bastante as fotos, transformando um simples prato de comida em uma maravilha culinária. Conheça aqui algumas dicas para fotografar alimentos.

Compor a foto é o primeiro passo para uma imagem bonita
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Composição

Composição é tudo aquilo que aparece na foto, uma espécie de cenário para o astro principal da imagem: a comida. Compor bem uma fotografia é essencial para destacar a beleza do alimento. Preste atenção em tudo que está ao redor do que você irá fotografar e retire tudo aquilo que seja poluição visual. Caso esteja numa mesa de restaurante, retire restos de comida, talheres sujos ou guardanapos da cena. Faça do seu prato o protagonista da imagem, não deixe que nenhum outro objeto roube a atenção. Não seja ansioso. Uma boa foto começa bem antes de você apertar o disparador da máquina.

Não espere muito, pois a comida pode mudar de aparência
Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

O momento certo

Alguns alimentos somente são belos por apenas alguns momentos. É preciso saber a hora certa de tirar a foto e não deixar a oportunidade passar. Fotografe assim que o prato sair do forno ou da panela, antes de ser consumido. Preste atenção, principalmente, às comidas que levem algum tipo de molho, como as massas. Não demore muito para conseguir a imagem, pois em minutos o molho pode secar e mudar totalmente o aspecto do alimento.

Goodshoot/Goodshoot/Getty Images

Evite o flash

Boas fotos de alimentos são obtidas em ambientes com muita luz natural. Por isso, fotos durante a noite são bem mais complicadas para obter. Evite ao máximo o uso do flash, já que ele pode modificar por completo o visual da comida. A luz forte pode gerar deformações na imagem, alterando a textura e a forma do prato. Ela pode ainda provocar pontos de luz, transformando o alimento em algo nada atraente.

Busque a originalidade nos ângulos
Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Ângulo baixo

Muitas pessoas fotografam os alimentos de cima, fazendo um panorama da mesa, que nem sempre oferece a melhor perspectiva. Tente obter a foto de um ângulo mais baixo, dando mais profundidade e altura à comida. Porém, fique atento para que esse ângulo não seja baixo demais e os acompanhamentos do prato principal não sejam expostos. Seja criativo e invente novas poses e maneiras para que o prato seja visto de diferentes ângulos, ressaltando detalhes que para muitos passam despercebidos, como a semente de uma fruta ou a gordurinha de um pedaço de carne.

Vapor da comida pode ser feito artificialmente
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Vapor

Não fique decepcionado caso você não consiga captar na foto o vapor do prato, seja uma massa recém feita ou uma carne saída da grelha. Para conseguir o clique perfeito, os fotógrafos acabam produzindo esse vapor de forma artificial. Uma das técnicas é deixar escondido abaixo da borda do prato alguns pedaços de algodão embebidos em água fervente, que acabam produzindo bastante fumaça. Em casos extremos também é usada fumaça de cigarro para gerar esse efeito. Mas lembre-se de que nos estúdios profissionais as comidas nunca são ingeridas, servem apenas para as fotos.

A regra dos terços é importante para qualquer foto
Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Enquadramento

Em qualquer tipo de foto, o enquadramento é importantíssimo. Mostrar uma comida em harmonia com o ambiente e o tamanho da fotografia é um desafio enorme. Tenha sempre em mente a lei dos terços, a regra mais básica e famosa da fotografia. Ela diz que toda imagem é dividida em três faixas verticais e três faixas horizontais, totalizando nove quadrados. A regra afirma que o melhor ponto para posicionar o "personagem" da foto é onde esses blocos se encontram uns com os outros. Fuja da obviedade e evite deixar o objeto bem no meio do seu enquadramento.

Não tenha medo de tirar várias fotos até encontrar a melhor
Alexandra Grablewski/Lifesize/Getty Images

Tire várias fotos

Não tem certeza de como quer sua foto? Faça vários testes, com o prato em várias posições diferentes e objetos distintos na composição. Um prato como sushi, por exemplo, pode ser fotografado junto com os pauzinhos, com ou sem o shoyu, com as peças mais próximas ou separadas e em diferentes posições. Não tenha medo de clicar o botão da máquina, tire o máximo de fotos que puder, para depois poder escolher com calma a melhor no seu computador. Todo fotógrafo, por mais talentoso que seja, capta muitas imagens para só depois mostrar aquela que é mais fiel ao objeto ou personagem.

Destaque o alimento, desfocando o seu entorno
Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

Profundidade de campo

É preciso saber o que destacar na foto para sua imagem ganhar mais vida. O ideal, quando fotografamos comida, é ter uma profundidade de campo menor. Ou seja, o foco deve estar no alimento, tudo que estiver ao seu redor, seja na frente, ou atrás, aparece ligeiramente fora de foco, ou borrado. Nas câmeras manuais, basta deixar o diafragma aberto o máximo que puder. No caso das automáticas, ajuste para a opção Macro, que na maioria das vezes é indicada pelo desenho de uma flor. Assim, você obtém um resultado bem parecido ao da câmera manual.

Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images

Pequenos detalhes

Diariamente, são tiradas milhares de fotos de comida para publicidade ou redes sociais, mas poucas se destacam. Uma das razões disso é a desatenção ao detalhe. Arrume a comida no prato, retire coisas desinteressantes da mesa, destaque a melhor parte da comida e preste atenção no entorno. Pare por alguns segundos e analise tudo que está ao redor. Às vezes, colocar um guardanapo com logotipo do restaurante ou uma taça de vinho no fundo, pode ajudar a valorizar o protagonista da sua foto: a comida.

A escolha das cores ajuda a destacar o alimento
Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Atenção às cores

A composição das cores pode fazer a diferença para transformar a foto em uma imagem incrível. A dica é tentar adequar o ambiente de acordo com a comida. Se o alimento é mais leve, caso de peixes ou saladas, prefira tonalidades mais claras, para destacar a comida e criar o clima perfeito. Uma boa ideia, neste caso, é uma toalha de mesa amarela de fundo com um prato branco. Já para comidas mais pesadas, como carnes vermelhas, opte por uma toalha de mesa mais escura e pratos com cores mais fortes, que dão mais vitalidade à imagem.