on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Tumores da mandíbula direita em cães

Atualizado em 18 julho, 2017

Quando um tumor se desenvolve na boca de um cão, pode ser amedrontador para o proprietário e doloroso para o animal. Um tumor não significa que o seu cão automaticamente tem câncer, no entanto, ele precisa ser examinado de modo que um diagnóstico possa ser feito o mais rápido possível.

É fundamental identificar um tumor oral rapidamente (dog image by Bobi from Fotolia.com)

Tumores orais

Se seu cão tiver um tumor na boca, incluindo a mandíbula (maxilar inferior), o osso do maxilar (maxilar superior) ou na língua, ele precisa ser examinado por um veterinário. Será preciso fazer um raio-X do tumor para examinar a profundidade do tumor no maxilar e, em seguida, uma biopsia tumoral. As amostras do tecido serão analisadas ​​por um patologista para decidir se o tumor é maligno ou benigno, e um prognóstico será dado, de acordo com o site Mypetsdentist.com.

Loading...

Cirurgia

A necessidade ou não da cirurgia dependente do tamanho, da localização e do estágio do tumor. O veterinário será capaz de identificar essas condições e decidir se é necessário uma cirurgia para remover o tumor e quanto do maxilar precisará ser removido.

Mandibulectomia

Quando o tumor estiver profundamente localizado na mandíbula, pode ser necessário realizar uma mandibulectomia, isto é, remover uma parte do maxilar inferior. A maioria dos tumores orais afetam a mandíbula, e essa terá que ser removida para proporcionar uma margem de segurança para as células não cancerígenas. Se uma grande parte da mandíbula for removida, o cão pode apresentar salivação excessiva e queda da língua, no entanto, ele se adaptará rapidamente a essas mudanças.

Câncer oral canino

O site acvs.org afirma que 6% dos casos de câncer canino resultam de tumores orais, que são o quarto tipo de câncer mais comum. Existem quatro tipos de cânceres que são os mais comumente desenvolvidos como câncer oral canino, incluindo o carcinoma de células escamosas, o fibrossarcoma, o melanoma maligno e o épulis acantomatoso. Os casos nos quais tumores atingiram mais de 2 cm de diâmetro e alcançaram os gânglios linfáticos apresentam uma chance de sobrevivência muito pequena.

Sintomas

Os sintomas de um tumor cancerígeno na mandíbula do seu cão incluem mau hálito, dificuldade de mastigação, aumento da salivação, secreção sanguinolenta da boca ou nariz e dentes soltos. Se o seu cão apresentar algum desses sintomas, é necessário dizer ao seu veterinário imediatamente, de acordo com o site acvs.org — quanto mais cedo o câncer for diagnosticado, melhor o prognóstico.

Tratamento

De acordo com o site Mypetsdentist.com, o melhor tratamento para um tumor oral é a identificação de um diagnóstico adequado, seguido da cirurgia oral. Outros tratamentos médicos, como a quimioterapia, a radioterapia e a imunoterapia, são também uma opção. A imunoterapia tem provado ser o melhor tratamento para o câncer oral

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...