Tutorial passo a passo de Hibernate, Tomcat e MySQL

Escrito por valerie whittier | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tutorial passo a passo de Hibernate, Tomcat e MySQL
Os objetos de dados persistentes são um componente principal da maioria dos programas de software (Chad Baker/Photodisc/Getty Images)

O Hibernate é um framework de código aberto que suporta a persistência de objetos de dados de camada intermediária escritos em Java. Um objeto de camada intermediária é uma unidade de código de programa que reside na camada da arquitetura de software, entre a interface do usuário e o banco de dados. Normalmente, o banco de dados é relacional, como o MySQL, mas também pode ser um arquivo de texto formatado. Os objetos de dados de camada intermediária oferecem uma forma conveniente de escrever lógica de alto nível para manipular e usar as informações do aplicativo. Eles também permitem que o mecanismo oculto de armazenamento seja alterado, sem necessidade de modificações no código das camadas superiores. Configurar o framework do aplicativo "Apache Tomcat" para incorporar o Hibernate é um processo simples, depois que você tenha pré-instalado os componentes necessários.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Servidor de aplicativos Apache Tomcat instalado com suas dependências, incluindo componentes Java
  • Banco de dados MySQL instalado
  • Hibernate instalado
  • Apache Ant instalado
  • Editor de texto

Lista completaMinimizar

Instruções

    Conectar o MySQL ao Apache

  1. 1

    Baixe o "Connector/J", o conector JDBC (Java Database Connectivity) para o banco de dados MySQL.

  2. 2

    Extraia o arquivo .jar do "Connector/J" no diretório "WEB-INF/lib", onde estão as bibliotecas do Tomcat e do Hibernate.

  3. 3

    Crie um diretório "classes" e outro "classes/src" para armazenar seus arquivos de código do Java no diretório "WEB-INF". O seu script "ant" criará um diretório "classes/bin" para armazenar os objetos binários produzidos a partir das suas fontes no mesmo diretório.

  4. 4

    Crie um arquivo build.xml para que o "Apache Ant" realize as operações básicas necessárias para compilar e executar um programa Java. Cada comando mencionado pode ser chamado de forma independente, mas todos formam uma hierarquia de dependências que atingem um objetivo maior. O objetivo final é "executar" o programa, que depende da compilação depois que os arquivos necessários tiverem sido copiados e os objetos compilados anteriores tenham sido excluídos.

    <project name="hibernate-to-sql" default="compile"> <property name="sourcedir" value="WEB-INF/classes/src"/> <property name="targetdir" value="WEB-INF/classes/bin"/> <property name="librarydir" value="WEB-INF/lib"/>

    <path id="libraries"> <fileset dir="${librarydir}"> <include name="*.jar"/> </fileset> </path>

    <target name="clean"> <delete dir="${targetdir}"/> <mkdir dir="${targetdir}"/> </target>

    <target name="compile" depends="clean, copy-resources"> <javac srcdir="${sourcedir}" destdir="${targetdir}" classpathref="libraries"> <compilerarg value="-Xlint"/> </javac> </target>

    <target name="copy-resources"> <copy todir="${targetdir}"> <fileset dir="${sourcedir}"> <exclude name="*/.java"/> </fileset> </copy> </target>

    <target name="run" depends="compile"> <java fork="true" classname="events.EventManager" classpathref="libraries"> <classpath path="${targetdir}"/> <arg value="${action}"/> </java> </target>

    </project>

    Configurar o Hibernate

  1. 1

    Crie um banco de dados MySQL com um nome de usuário e senha que tenham acesso administrativo (root). Este exemplo assumirá que o nome do banco de dados é "hibernate", com o nome de usuário "uname" e senha "mypwd".

  2. 2

    Crie um arquivo de texto chamado "hibernate.cfg.xml" no seu diretório "src". Comece criando o shell XML básico dentro do qual você escreverá suas configurações específicas:

    <!DOCTYPE hibernate-configuration PUBLIC -//Hibernate/Hibernate Configuration DTD//EN http://hibernate.sourceforge.net/hibernate-configuration-3.0.dtd> <hibernate-configuration> <session-factory> </session-factory> </hibernate-configuration>

  3. 3

    Adicione as seguintes linhas ao elemento "session-factory" para configurar o banco de dados MySQL, indicando o nome do banco de dados, usuário e senha:

    <session-factory> <!-- Configurar MySQL --> <property name="connection.url">jdbc:mysql://localhost/hibernate</property> <property name="connection.username">uname</property> <property name="connection.password">mypwd</property> <property name="connection.driver_class">com.mysql.jdbc.Driver</property> <property name="dialect">org.hibernate.dialect.MySQLDialect</property> </session-factory>

  4. 4

    Adicione a configuração do pacote de pool de conexões "C3P0", que é distribuído com o Hibernate, escrevendo as seguintes linhas no elemento "session-factory":

    <!-- Pool de conexões C3P0 --> <property name="c3p0.min_size">3</property> <property name="c3p0.max_size">5</property> <property name="c3p0.timeout">1800</property> <property name="current_session_context_class">thread</property>

  5. 5

    Desabilite a cache de segundo nível do Hibernate, para evitar potenciais problemas de sincronização ao usá-lo com o Tomcat:

    <!-- Desabilitar cache de segundo nível --> <property name="cache.provider_class">org.hibernate.cache.NoCacheProvider</property> <property name="cache.use_query_cache">false</property> <property name="cache.use_minimal_puts">false</property> <property name="max_fetch_depth">3</property>

  6. 6

    Defina as seguintes propriedades, que lhe permitirão testar sua configuração:

    <!-- Mostrar SQL e recriar durante a construção --> <property name="show_sql">true</property> <property name="format_sql">true</property> <property name="hbm2ddl.auto">create</property>

    Criar uma classe em Java para testes

  1. 1

    Escreva uma classe em Java simples e salve-a no diretório de seu pacote. Para este exemplo, o nome da classe será "myClass.java" no diretório "src/com/ehow/yourname":

    package com.ehow.yourname; / substitua pelo seu nome e domínio /

    import java.util.Date;

    public class MyClass { private Long id; / identificador único para seu projeto / private String myProperty;

    public Long getId() { return id; }

    public void setId(Long id) { this.id = id; }

    public String getMyProperty() { return this.myProperty; }

    public void setMyProperty(String prop) { this.myProperty = prop; } }

  2. 2

    Crie um arquivo "MyClass.hbm.xml" no diretório do pacote onde você salvou o arquivo associado "MyClass.java". Crie um elemento de propriedade para todos os membros de dados de "MyClass" que serão salvos em uma tabela no banco de dados chamada "myclass":

    <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?> <!DOCTYPE hibernate-mapping PUBLIC "-//Hibernate/Hibernate Mapping DTD 3.0//EN" "http://hibernate.sourceforge.net/hibernate-mapping-3.0.dtd" > <hibernate-mapping> <class name="com.ehow.yourname.MyClass" table="myclass"> <id name="id" column="id" type="java.lang.Long"> <generator class="increment"/> </id> <property name="myProperty" /> </class> </hibernate-mapping>

  3. 3

    Adicione uma entrada ao elemento "session-factory" de seu arquivo .xml para associar o arquivo de configuração de mapeamento de "MyClass" com o Hibernate:

    <!-- Arquivos de mapeamento --> <mapping resource="com.ehow.yourname.MyClass.hbm.xml" />

  4. 4

    Execute o arquivo build do "ant". Se não houver erros, você verá um novo registro adicionado ao seu banco de dados MySQL:

    $ ant run Buildfile: build.xml

    Iniciar o Hibernate

  1. 1

    Construa uma classe "helper" para implementar uma "session-factory" e salve-a como "HibernateUtil.java" no seu diretório "WEB-INF/classes". Importe seu pacote e crie uma função principal para testar a configuração:

    import org.hibernate.SessionFactory; import org.hibernate.Session; import org.hibernate.Transaction; import org.hibernate.cfg.Configuration; import com.ehow.yourname.MyPackage; / requerido somente para testar a função/

    public class HibernateUtil { private static final SessionFactory sessionFactory; static { try { // Inicializar a factory usando os conteúdos de hibernate.cfg.xml sessionFactory = new Configuration().configure().buildSessionFactory(); } catch (Throwable ex) { System.err.println("Initial SessionFactory creation failed." + ex); throw new ExceptionInInitializerError(ex); } }

    public static SessionFactory getSessionFactory() { return sessionFactory; }

    public static void main (String[] args) { MyClass mycls = new MyClass(); / o campo id se autoincrementará para um valor único, o que diferenciará os registros / mycls.setMyProperty("My Property"); Session session = getSession(); Transaction transaction = session.beginTransaction(); session.save(blog); transaction.commit(); / se o teste tiver sucesso, você verá um novo registro no seu banco de dados MySQL / } }

  2. 2

    Construa uma classe "listener" que iniciará o Hibernate e gerenciará a persistência de suas classes de dados mapeadas. Salve a classe como "HibernateListener.java" no seu diretório "WEB-INF/classes":

    public class HibernateListener implements ServletContextListener { public void contextInitialized(ServletContextEvent event) { HibernateUtil.getSessionFactory(); // criar uma factory }

    public void contextDestroyed(ServletContextEvent event) { HibernateUtil.getSessionFactory().close(); // liberar recursos } }

  3. 3

    Adicione a seguinte linha ao arquivo "web.xml" do seu diretório "WEB-INF". Isso associará sua classe "listener" com seu aplicativo:

    <listener> <listener-class>com.ehow.yourname.HibernateListener</listener-class> </listener>

  4. 4

    Digite "ant run" em uma janela de console para executar o script do "ant".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível