O uso do magnésio contra acidez estomacal

Escrito por alexis writing | Traduzido por joan diaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Quase todo mundo já sentiu queimação na garganta devido à azia. Há também aqueles que sofrem com indigestão e distensão abdominal. Esses sintomas também são conhecidos como gastrite e refluxo ácido. Em situações como essas, é provável que você vá até a farmácia em busca de um frasco de antiácidos. Isso parece ser a coisa mais lógica a fazer para aliviar o desconforto. Porém, você já parou para pensar qual a parte do antiácido ou medicamento que faz com que você se sinta melhor?

Outras pessoas estão lendo

O que é o magnésio?

O magnésio é um mineral necessário, normalmente produzido pelo corpo. Ele ajuda os sistemas digestivo e imunológico. Esse mineral também atua em outras áreas do corpo. Quando o nível corporal de magnésio é muito baixo, o ácido estomacal é produzido em excesso. O ácido, ou bile estomacal, em grande quantidade pode corroer o interior do estômago ou pode subir pelo seu esôfago e causar queimação no peito e refluxo ácido.

Por que o magnésio é usado para tratar de ácido estomacal?

O magnésio se faz presente na maior parte dos medicamentos usados para tratar de condições de acidez estomacal, como gastrite e refluxo ácido. O mineral absorve o excesso de ácido. O magnésio contido nesses remédios reduz o volume de ácido estomacal aos níveis normais, diminuindo os sinais e os sintomas das condições.

Medicamentos com magnésio

Existem vários antiácidos conhecidos nas prateleiras das farmácias que podem ajudar com o refluxo de ácido ou gastrite leve. Mylanta, Tums, leite de magnésia e Maalox são alguns exemplos. Assegure-se de seguir todas as instruções de dosagem corretamente. Nunca exceda a dose recomendada ao tentar se livrar da dor mais rapidamente. O excesso de magnésio pode causar absorção de mais ácido estomacal que o necessário. Isso deixa seu corpo aberto para muitas bactérias se proliferarem. Esta é uma razão pela qual os idosos têm tanta propensão às infecções digestivas. À medida que envelhecemos, o corpo produz menos ácido estomacal. O organismo fica impedido de combater infecções bacteriais ou de outros tipos que possam se alojar no seu corpo através dos alimentos ingeridos.

Se tomar qualquer medicamento listado acima e ainda se sentir desconfortável, consulte seu médico o mais rápido possível. Úlceras estomacais podem se desenvolver em pessoas que sofrem repetidos casos de gastrite e refluxo ácido. Esses casos precisam de um tratamento completamente diferente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível