Usos da amitriptilina

Escrito por mike parker | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Usos da amitriptilina
A amitriptilina é uma medicamento antidepressivo (http://morguefile.com/archive/display/182734)

A amitriptilina é um medicamento antidepressivo. É primariamente usado para tratar depressão mental mas pode ser usado para tratar crianças acima de seis anos que urinam na cama. Os médicos prescrevem amitriptilina para pacientes com esclerose múltipla para o tratamento da dor neurológica como parestesias nos braços e pernas. A amitriptilina tem risco de alguns efeitos colaterais e interações perigosas com outras drogas.

Outras pessoas estão lendo

Aviso

Tomar amitriptilina em conjunto com depressivos como o álcool, anti-histamínicos sem prescrição, relaxantes musculares e auxiliares do sono pode aumentar o efeito de indução da sonolência em ambos os medicamentos. Os pacientes devem sempre informar seus médicos sobre todos os medicamentos, prescritos ou não, incluindo suplementos nutricionais que estejam tomando antes de iniciar o tratamento com amitriptilina.

Considerações

A amitriptilina causa boca seca, que pode contribuir para o risco de certas doenças da boca. Os pacientes que são tratados com esse medicamento devem deixar seus dentistas cientes, assim medidas preventivas podem ser tomadas se necessário.

Efeitos

O remédio pode deixar a pele mais sensível à luz resultando em queimadura solar, irritação ou coceira depois de exposição ao sol. Ele pode também afetar o nível de açúcar no sangue, particularmente em pacientes com diabetes. Outros efeitos colaterais comuns incluem ganho de peso, dor de cabeça, náusea, paladar ruim, azia e constipação. A maioria dessas complicações vão embora sozinhas conforme o corpo se ajusta à medicação. Se elas persistirem mais do que duas semanas, o médico deve ser informado.

Mulheres grávidas e lactantes

Não há estudos suficientes dos efeitos da amitriptilina em mulheres grávidas para determinar sua segurança, no entanto, estudos em animais parecem mostrar um efeito adverso nos recém nascidos. Antidepressivos tricíclicos, incluindo a amitriptilina, passam pelo leite materno, então mulheres lactantes devem consultar seu médico para que possam determinar se os benefícios para a mãe são maiores do que o risco para o bebê.

Quando parar de tomar o medicamento

Como na maioria dos antidepressivos, o paciente não deve para de tomar amitriptilina sem primeiro consultar seu médico. Uma redução gradual da medicação pode aliviar os sintomas de abstinência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível