Utensílios de cozinha do século XVIII

Escrito por bret mavrich | Traduzido por raissa oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Utensílios de cozinha do século XVIII
As cozinhas do século XVIII contavam com uma fogueira (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A preparação de alimentos no século XVIII era um processo mais intenso do que é hoje. Durante uma época sem geladeiras, fornos e aparelhos elétricos, itens comuns em uma cozinha moderna, a comida era preparada sobre o fogo de uma lareira, a principal característica de uma cozinha do século XVIII. Os utensílios de cozinha tinham que ser resistentes o suficiente para suportar o calor direto do fogo e uso diário e constante. Às vezes eles também serviam de talheres.

Outras pessoas estão lendo

O espeto

Um dos pratos característicos desta época era carne assada, seja bovina, de frango, ou de caça. Tradicionalmente, a carne era colocada em um espeto e depois virada à mão, uma árdua tarefa que exigia atenção constante e um bom grau de resistência no braço. Em meados do século XVIII, no entanto, muitas cozinhas mais ricas contavam com um espeto motorizado, composto de correntes e roldanas. Enquanto as primeiras versões eram movidas por cães ou até mesmo gansos, os mecanismos mais criativos era acionados pela fumaça que vinha do fogo.

Utensílios de madeira

Enquanto a cozinha de hoje pode ser repleta de itens feitos de plástico, borracha e materiais sintéticos que resistem ao calor de uma máquina de lavar louça, o material mais comum para utensílios no século XVIII era a madeira. Quando girada em um torno mecânico, a madeira podia ser moldada em uma variedade de formas, de conchas à tigelas. Quebra-nozes, batedores de manteiga e caixas de sal eram dispositivos importantes e utilizados diariamente no preparo de alimentos na cozinha do século XVIII.

Ferro fundido

Cozinhar diretamente sobre o fogo significava que pesadas panelas com tampa eram uma parte importante da culinária diária. A peça mais comum, conhecida como "forno holandês", ainda é amplamente utilizada hoje. Essa panela simples de ferro fundido com uma tampa apropriada, quando devidamente temperada, cozinha os alimentos uniformemente por todos os lados, já que o calor é distribuído ao longo de suas paredes. No século XVIII, uma época sem cronômetros culinários, os cozinheiros contavam o tempo de suas receitas recitando o Pai Nosso um determinado número de vezes, de acordo com o Pittsburg Post-Gazette.

Formas

Muitos dos acompanhamentos e sobremesas no século XVIII eram feitos com o auxílio de uma forma. Desenvolvidas em muitos formatos e tamanhos a partir de uma variedade de materiais, tais como madeira ou cobre, as formas podiam ser usadas ​​para fazer nougat (uma sobremesa feita com nozes e frutas secas), coalhadas, geléias, bolos, tortas e diversas sobremesas. Essas peças eram muitas vezes ornamentadas e usadas também como pratos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível