Utensílios essenciais para uma grande cozinha

Escrito por amanda ash | Traduzido por i. oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Utensílios essenciais para uma grande cozinha
Uma boa faca de chefe é o primeiro passo para uma grande cozinha (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Eu acho que a maioria das pessoas tem em casa facas muito ruins e, mesmo se eles têm uma decente, é tão afiada que se torna ainda mais perigosa.

— Dale MacKay, competidor do "Top Chef Canadá" e chef executivo/proprietário do restaurante de Vancouver Ensemble

Assim como feiticeiros precisam de suas varinhas, cada cozinheiro caseiro exige os utensílios e conjuntos de panelas corretos para criar "magias" na cozinha. Centenas de utensílios estão disponíveis para ajudar a todos, desde o simples cozinheiro caseiro até o extraordinário chef, mas a seleção do que usar, muitas vezes, pode ser complicada. Não importa o tamanho da sua cozinha, a qualidade de sua receita, a amplitude de sua experiência de cozinhar ou o peso de sua carteira, preparar uma comida pode ser simples. Tudo o que você precisa é se preparar com as ferramentas essenciais. Dale McKay, participante do “Top Chef Canadá” e proprietário/executivo chef do Vancouver’s Ensemble Restaurant, e Theresa Albert de Toronto, uma nutricionista técnica em alimentos e autora de "Ace Your Health: 52 Ways to Stack Your Deck" e "myfriendinfood.com", tiveram a chance de escolher somente de cinco a oito utensílios ou peças de um conjunto de panelas para suas cozinhas. Suas cinco sugestões incluíram implementos para preparar a comida (uma faca e tábua de corte) tachos e panelas para cozinhar, colheres e espátulas - e "save it for another meal" (recipientes de armazenamento). Frequentar restaurantes fast-food pode parecer mais atraente do que trabalhar com legumes em cubos e um fogão quente, no entanto, Albert salientou que hábitos alimentares saudáveis ​​começam em casa. "Você não pode chegar perto de uma dieta saudável se toda refeição for feita fora de casa", ela diz. "E o dinheiro gasto poderia proporcionar férias melhores. Não há nada como a satisfação de produzir algo delicioso e poder degustar em suas calças folgadas esparramado sobre seu sofá."

Uma faca de chefe

"Você precisa de uma faca do chef boa, afiada e de 25 centímetros", disse Albert. "É a faca mais útil."

Qualquer marca serve, Albert disse, mas quanto maior a qualidade, melhor. "Você pode conseguir uma série de facas amoladas baratas, mas deve ser de aço forjado com três rebites. Ela irá durar uma vida inteira."

MacKay foi mais específico. "Se eu estivesse montando minha cozinha, uma boa faca serrilhada Victorinox seria necessária, porque ela tem uma inclinação perfeita", disse ele. A borda inclinada permite cortar de forma mais suave e rápida, enquanto uma borda serrilhada pode perfurar os alimentos mais grossos e duros. "É como uma faca francesa, porque ela tem uma borda serrilhada para vegetais e todo esse tipo de coisa."

"Eu acho que a maioria das pessoas tem em casa facas muito ruins e, mesmo se eles têm uma decente, é tão afiada que se torna ainda mais perigosa. É por isso que não acham ser capazes de cortar qualquer coisa", disse McKay.

Tábuas de cortar

"Compre uma tábua de corte adequada", destacou MacKay. "As pessoas sempre tendem a comprar aquelas tábuas baratas de lojas de R$ 1,99, que não são grandes o suficiente nem mesmo para cortar uma maçã ou para deslizar totalmente a faca."

Se você decidir ficar com uma tábua de cortar barata, Albert avisa que ela não vai resistir ao teste do tempo. "O plástico pode ir na máquina de lavar louça, mas logo vira porcaria. A madeira é mais agradável de se olhar, mas eventualmente precisa ser substituída."

MacKay concorda. Tábuas de corte de borracha não quebram ou lascam e previnem o acúmulo de bactérias entre as fendas. "Temos essas de borracha. Só não compre as de plástico muito duro, porque a mesma pode absorver menos os cortes e se arranham mais facilmente com a faca.

"Ela fica com uma camada muito áspera na parte de cima, porque o plástico, estando duro, recebe vários cortes", disse ele.

Albert recomenda ter pelo menos duas tábuas de corte, uma para frutas e verduras e outra para a carne crua. Assim, evita que a carne contamine os outros alimentos. As bactérias, como E. coli e Salmonella, podem ser transferidas facilmente de sumos de carne crua para frutas e vegetais, que normalmente não são cozidos durante o mesmo tempo que a carne, fazendo com que as bactérias possam sobreviver mais facilmente. Isso pode provocar um problema de saúde.

Potes e panelas de vários tamanhos

"Eu acho que tudo o que você precisa é ter uma panela de seis litros, uma de quatro, uma de dois e uma de um litro", disse Mackay. "Apenas lembre-se de comprar os que têm uma boa garantia. Mas não vá gastar R$ 10 mil em potes e panelas."

Para ele, potes e panelas de Teflon são essenciais. Esse revestimento antiaderente faz com que a comida não grude no fundo, tornando mais fácil a tarefa de lavar louças.

Albert garante a funcionalidade de panelas de ferro esmaltados. Panelas de ferro esmaltado, como Le Creuset ou imitações, são as "panelas mágicas". "Elas, normalmente, têm uma tampa com ranhuras que incentivam a evaporação e retém sabor. O ferro fundido pesado mantém o calor e torna os alimentos mais bonitos sem esforço."

Albert também prefere ferro fundido para uma frigideira. "O revestimento 'Nonstick' emite um gás tóxico. Ferro fundido retém calor e, com um bom tempero, é tão antiaderente quanto."

Colheres de bambu e espátulas de silicone

"Colheres de madeira, como o bambu, são uma opção mais amiga da natureza que dura para sempre, mas é acessível para uma substituição fácil," Albert sugeriu.

Quanto às espátulas, ela recomendou ficar longe de plástico. "Uma espátula de silicone é ótima para fazer omeletes e cozimentos. Plástico derrete e lasca, enquanto o silicone dura para sempre."

Recipientes de armazenamento de vidro

Se você não possui muito tempo livre, Albert sugeriu fazer grandes quantidades de comida e armazenar em recipientes de vidro. O plástico é muitas vezes associado a problemas de saúde, decorrentes de produtos químicos que supostamente vazam durante o processo de aquecimento.

O vidro é mais resistente e permite aquecer uma refeição caseira em uma variedade de formas, possibilitando uma alimentação saudável quando sua agitada agenda fica no caminho de suas aventuras culinárias.

"Os recipientes de vidro com tampas são ótimos desde o fogão, freezer e até para microondas. Você pode armazenar suas refeições em recipientes de vidro no congelador e aquecer no capricho", disse Albert.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível