Como utilizar o ACL na auditoria de preços de transferência de empresas

Escrito por grayson charles | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como utilizar o ACL na auditoria de preços de transferência de empresas
Os preços de transferência criam problemas fiscais difíceis para as empresas com operações multinacionais (globe image by NJ from Fotolia.com)

Os preços de transferência definem as taxas e os valores que as empresas utilizam, para vender bens ou serviços entre a matriz e sua filial ou entre filiais da empresa. Enquanto há razões comerciais para estabelecer uma filial no exterior ou em um estado diferente, a empresa também desejará maximizar qualquer potenciais benefícios fiscais que essa relação oferece. No entanto, as empresas também têm que enfrentar os impostos, se as transações intra-empresa não forem avaliadas pelo valor de mercado justo.

Para evitar ir contra as regras fiscais e minimizar possíveis sanções fiscais, as empresas muitas vezes implantam políticas e procedimentos de automonitoramento. O ACL AuditExchange é um sistema de análise de banco de dados projetado para equipes de auditoria em grandes empresas. Ele pode ser usado para monitorar e analisar os preços de transferência aplicáveis às transações.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Use a função Extract (Extrair), Transform (Transformar) e Load (Carga) do ACL para puxar as informações de todos os bancos de dados em sua organização. O sistema é capaz de modificar seus dados brutos para o formato apropriado de arquivo para o sistema ACL. Isso ajuda a documentar simultaneamente todos os preços de transferência aplicáveis às transações, uma exigência da Receita Federal, que pode exigir a documentação de uma transação de transferência e que deve ser elaborada no prazo de 30 dias.

  2. 2

    Tire proveito das configurações que permitem que um negócio amadureça e analise as transações sensíveis ao tempo.

  3. 3

    Configure recursos de acesso ao dados centralizados do ACL, de modo que todos os dados relevantes gerados pelas transações que envolvem preços de transferência, estejam disponíveis para os auditores de contas e especialistas em dados da organização.

  4. 4

    Disponibilize as ferramentas de consulta e análise do ACL para os analistas e auditores. O sistema contém recursos de análise de dados que permitirão que os analistas pesquisem e identifiquem as questões de alerta e de conformidade fiscal, que resultam em multas e penalidades.

  5. 5

    Utilize as ferramentas organizacionais no sistema para preparar relatórios regulares para a gerência e equipe de auditoria.

  6. 6

    Configure os recursos de relatórios para mostrar tendências, destacar as exceções raras e identificar as áreas potenciais de preocupação para os auditores.

  7. 7

    Elabore relatórios que permitam visualizar os dados de preços de transferência, a fim de identificar as áreas de atenção e garantir o cumprimento das obrigações fiscais.

  8. 8

    Crie relatórios que facilitem a supervisão das questões de transferência de preços, em harmonia com os objetivos estratégicos da organização.

  9. 9

    Configure a ferramenta de relatório de gerenciamento, para integrar o risco das auditorias da Receita Federal, com a gestão de risco global da organização.

  10. 10

    Use o recurso de manual para automaticamente detectar e alertar os auditores dos casos de problemas recorrentes de preços de transferência na organização. Um exemplo, é uma unidade que frequentemente divulga perdas. Cada transação de de preços de transferência de uma unidade é uma área de atenção em potencial para os fiscais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível