Como utilizar limão para matar pulgas em gatos filhotes e recém-nascidos

Escrito por susan paretts Google | Traduzido por aline fernandes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como utilizar limão para matar pulgas em gatos filhotes e recém-nascidos
Trate todos os seus filhotes fofos com um remédio antipulgas natural contendo limão (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

As pulgas podem causar uma variedade de problemas de saúde nos gatos, incluindo queda de pelos, coceira e irritação na pele, e até mesmo uma infestação por tênia. Em filhotes muito pequenos, as pulgas podem causar anemia potencialmente fatal devido à perda de sangue. Para matar as pulgas em filhotes recém-nascidos, é necessário utilizar métodos naturais, como suco de limão, pois não é possível utilizar tratamentos antipulgas tópicos e orais nos mesmos de forma segura. Trate todos os gatos e filhotes em sua casa com um repelente de pulgas natural com base de limão para livrá-los das pulgas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • 1 limão
  • 500 ml de água
  • Borrifador vazio
  • Detergente de limão
  • Caixa de papelão
  • Toalhas macias
  • Almofada térmica
  • Tigela
  • Suco de limão
  • Pente para pulgas
  • Pinça cega
  • Aspirador de pó

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Corte um limão em tiras e coloque-as em uma panela. Ferva 500 ml de água e despeje sobre as tiras de limão. Deixe a mistura de limão repousar durante a noite ou por até 24 horas.

  2. 2

    Filtre a mistura de limão e despeje-a em um borrifador vazio. Essa mistura contém propriedades que repelirão as pulgas, como d-limoneno, e ajuda a acalmar a pele dos seus gatos irritada pelas pulgas, de acordo com o "Guia completo para a saúde natural para cães e gatos do Dr. Pitcairn".

  3. 3

    Dê um banho em cada filhote na pia da cozinha utilizando algumas gotas de detergente de limão e água morna. Espere de três a cinco minutos antes de enxaguar os filhotes completamente para remover todos os resíduos do detergente. Após o banho, seque-os com uma toalha e coloque-os em uma caixa de papelão contendo uma almofada térmica envolta por uma toalha macia. Ligue a almofada na temperatura mais baixa. Isso manterá os filhotes úmidos aquecidos, pois eles não conseguem regular sua temperatura corporal em uma idade tão jovem.

  4. 4

    Dê um banho na gata mãe ou em qualquer outro gato em sua casa com o detergente de limão e água morna. Espere cerca de 10 minutos para o detergente matar as pulgas. Seque os gatos com uma toalha e coloque a mãe na caixa junto com os filhotes.

  5. 5

    Preencha uma tigela com suco de limão. Utilize um pente para pulgas ou uma pinça cega para encontrar qualquer pulga restante nos filhotes ou na mãe. Deposite qualquer pulga que encontrar na tigela de suco de limão para matá-la.

  6. 6

    Borrife a mistura de limão na gata mãe ou em qualquer outro gato em sua casa para repelir e matar qualquer pulga nova. Utilize uma bola de algodão para aplicar a mistura aos filhotes recém-nascidos, deixando-os se secarem enquanto se aconchegam com a mãe ou a almofada térmica para se aquecer. Reaplique a mistura de limão uma vez por semana.

  7. 7

    Limpe o ambiente dos seus gatos para livrá-lo das pulgas. Lave suas camas em água quente com 1/4 de xícara de suco de limão para ajudar a matar as pulgas. Aspire qualquer pulga que encontrar em tapetes e no piso com um aspirador de pó. Misture partes iguais de suco de limão e de água e passe essa mistura no chão para matar e repelir as pulgas.

Dicas & Advertências

  • Substitua o detergente de limão pela mistura caseira de limão ao banhar os gatos.
  • Coloque os pedaços de limão molhados em seu jardim para ajudar a repelir as pulgas no lado de fora.
  • Refrigere a mistura de limão por até uma semana. Aqueça-a à temperatura ambiente antes de utilizá-la em seu gato ou nos filhotes.
  • Utilize óleo de limão em pisos e móveis de madeira para asfixiar e repelir as pulgas.
  • Não utilize óleo essencial de limão em seus gatos ou filhotes, pois os gatos não conseguem metabolizar os óleos, embora os cães consigam.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível