Como utilizar a técnica de palhetada tremolo

Escrito por simon foden Google | Traduzido por luana ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como utilizar a técnica de palhetada tremolo
O braço do guitarrista Kirk Hammet está posicionado no ângulo perfeito para fazer a técnica de palhetada tremolo (Kevin Winter/Getty Images Entertainment/Getty Images)

Palhetada tremolo é uma técnica da mão direita para guitarra e não deve ser confundida com a técnica tremolo, que consiste em vibrar o braço. A palhetada tremolo envolve otimizar a velocidade com que você bate nas cordas. Isso cria um som intenso e fluido, especialmente adaptado para heavy metal e solos virtuosos. A chave para esta técnica é a economia de movimentos e precisão. Os movimentos de braço muito exagerados limitarão sua velocidade. A falta de precisão criará um som ruim e falhado. Para um som firme, intenso e impressionante, utilize pequenos e rápidos movimentos de pulso.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Palheta pontiaguda

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Ajuste a correia de modo que a guitarra fique em uma altura confortável. Coloque-a em uma superfície plana e deslize a trava para cima para estender a correia. Experimente a guitarra. Não existe uma altura correta ou errada, mas você deve conseguir alcançar confortavelmente as cordas mais distantes sem esticar totalmente seu braço. Seu cotovelo deve ficar dobrado em um ângulo de aproximadamente 90°.

    Como utilizar a técnica de palhetada tremolo
    A correia do guitarrista Hoe Satriani segura sua gutiarra em uma altura confortável para seu estilo (Frazer Harrison/Getty Images Entertainment/Getty Images)
  2. 2

    Repouse a beirada de sua mão, logo abaixo de seu dedo mínimo, no topo da ponte da guitarra. Dessa posição, você conseguirá alcançar qualquer corda movimentando sua mão e mantendo seu pulso parado.

  3. 3

    Segure a palheta entre seu polegar e o dedo indicador, de modo que sua ponta se estenda pela parte inferior. Seu polegar deve estar em uma posição perpendicular em relação ao seu dedo. Utilize seu dedo médio para fixar a palheta quando se mover, mas segure-a somente entre o polegar e o dedo indicador. Segure-a firmemente, mas não tão firme a ponto da palheta ficar rígida demais. A ponta dela deve estar posicionada perpendicularmente com seu polegar. Para manter seu dedo anelar e mínimo fora do caminho, curve-os para baixo de sua palma ou estique-os horizontalmente.

  4. 4

    Palhete a corda grave E (nota mi grave ou sexta corda de baixo para cima) para baixo e para cima. Palhetadas alternadas são cruciais na técnica de tremolo. Se palhetar apenas para cima ou apenas para baixo, você terá o dobro do trabalho. Pense em palhetar as cordas como se estivesse serrando um pedaço de madeira. Você não serraria apenas em uma direção, assim como não deve palhetar desse modo. Comece o mais próximo possível da corda e mantenha o movimento firme. Todos os movimentos devem partir de seu pulso, não do braço. A beirada de sua mão não deve mudar de posição na ponte da guitarra.

  5. 5

    Utilize seu pulso como um apoio para mover a palheta até outra corda. Quando seu pulso se move para baixo, o ângulo de seu cotovelo também aumenta ligeiramente.

  6. 6

    Aperte uma nota no braço da guitarra com sua mão esquerda. Assim que sua técnica de palhetada estiver suficientemente boa, introduza mudanças de notas. O segredo é coordenar as mudanças de notas de acordo com os ataques da palheta. Para executar a técnica com precisão, diminua a velocidade de sua palhetada e vá aumentando devagar.

Dicas & Advertências

  • Aumente a pressão de sua mão na ponte para abafar as cordas. Cordas abafadas soam e vibram menos, permitindo um estilo de palhetada mais seco e firme.
  • Varie a velocidade de sua palhetada para verificar a técnica correta. A velocidade pode mascarar falhas no seu estilo de palhetada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível