Uma válvula EGR defeituosa pode afetar o medidor de fluxo de ar?

Escrito por amy rodriguez | Traduzido por deivid assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Uma válvula EGR defeituosa pode afetar o medidor de fluxo de ar?
A falha de uma peça no sistema do motor de um carro pode afetar outros sistemas do veículo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O motor de um carro depende de uma relação equilibrada entre o combustível e o ar para ter a combustão apropriada e potência suficiente. Um defeito na válvula de recirculação de gases de exaustão (EGR) afeta o funcionamento do sensor de fluxo de massas de ar (MAF), gerando problemas no fluxo de ar no motor do carro.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A válvula EGR permite uma pequena quantidade de gás de exaustão da câmara de combustão no coletor de admissão do motor, resultando em um resfriamento dos gases de combustão. O sensor MAF, também conhecido como o medidor de fluxo de ar, calcula a quantidade de ar que entra no motor para equilibrá-lo com o combustível.

Efeitos

Tipicamente, um defeito na válvula EGR de gás deixa que mais gás entre no colector de admissão do motor, tendo um efeito direto sobre o funcionamento do MAF. O MAF detecta mais gás ou ar dentro do sistema e adiciona automaticamente mais combustível para a mistura para equilibrar a relação combustível-ar.

Significado

Uma válvula EGR defeituosa requer substituição imediata. Além de desperdiçar combustível em excesso a partir de uma relação de combustível-ar imprópria, esse problema libera emissões nocivas para a atmosfera.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível