As vantagens dos acordos regionais de comércio

Escrito por eric novinson | Traduzido por josé geraldo rabello petite
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As vantagens dos acordos regionais de comércio
Acordos de comércio reduzem os custos das tarifas estrangeiras (International Finance: currencies from around the world image by Vladimir Melnik from Fotolia.com)

Um acordo regional de comércio é um tratado assinado por vários países. Alguns dos mais famosos tratados são o Mercado Comum Europeu e o NAFTA. Um acordo desse tipo requer a aprovação dos legisladores de países participantes.

Outras pessoas estão lendo

Preços menores

Os acordos regionais de comércio reduzem as tarifas de comércio entre os países. De acordo com a Universidade de Harvard, a OMC (Organização Mundial do Comércio) exige que os acordos regionais reduzam as tarifas para o comércio entre os países participantes, mas não permite que eles aumentem as tarifas para os países não participantes. A redução das tarifas permite a compra e venda de produtos para outras nações a preços menores.

Vantagens da exportação

Os acordos regionais de comércio proporcionam vantagens de comércio para todos os países participantes, o que melhora sua competitividade mundial, incluindo em mercados de países fora do acordo. Um fabricante de carros que pode comprar aço barato dentro da zona do acordo, poderá vender seus produtos a preços menores em qualquer lugar do mundo. De acordo com a Universidade de Harvard, os acordos regionais podem também encorajar outras nações não participantes a baixar suas tarifas de comércio internacional.

Recompensando os aliados

Os aliados podem receber retaliações através de um acordo regional. Segundo a Universidade de Harvard, os Estados Unidos adiaram a assinatura de acordos com países como Chile e Nova Zelândia, pois eles se opuseram à Guerra do Iraque. Um país pode também recompensar outras nações que possuem o mesmo sistema econômico e político com acordos de livre comércio, e recusar a assinatura de tais acordos com aqueles que violam os direitos humanos.

Resolução de disputas

Esse acordos incluem processos para resolver disputas comerciais. Os países entram em conflito a respeito de subsídios à agricultura, despejo de produtos a preços baixos e manipulação do câmbio. Os acordos incluem regras de arbitragem padronizadas e asseguram que as disputas comerciais sejam resolvidas com base em regras consistentes. Segundo a Universidade de Cornell, os acordos de comércio geralmente especificam o fórum no qual as disputas são resolvidas, reduzindo conflitos sobre qual organização tem jurisdição sobre a disputa comercial.

Recursos da disputa

Recursos à disputa são proporcionados pelos acordos. Um país que utiliza práticas que ferem um parceiro comercial pode ser legalmente punido conforme as regas do acordo. O Brasil recebeu autorização da OMC para aumentar as tarifas sobre os carros e medicamentos vindos dos Estados Unidos, bem como reduzir a proteção da propriedade intelectual de produtos criados lá, porque eles concederam subsídios ou créditos de exportação para produtores de algodão. Ao conceder o subsídio, os Estados Unidos atingiram os produtores de algodão do Brasil e ainda lucraram. A OMC determinou que essa ação violou os termos do acordo de comércio estabelecido com o Brasil.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível