Vantagens e desvantagens de um chefe executivo

Escrito por dave stanley | Traduzido por fernanda campello
Vantagens e desvantagens de um chefe executivo
Orgulhar-se de escolher sempre os ingredientes mais frescos é uma vantagem de ser chef executivo (Goodshoot RF/Goodshoot/Getty Images)

Os chefs executivos comandam toda a cozinha, coordenando o trabalho de todos os cozinheiros. Essa responsabilidade significa gerenciar todos os serviços de alimentação e supervisionar as várias cozinhas que a operação possa ter. Assim, raramente há um momento de tédio, e você deve amar seu trabalho. Certamente há muitas vantagens em ser um chef executivo; no entanto, há também desvantagens.

Muitas horas de trabalho

Se você está apenas começando ou já é um veterano, o fato é que chefs executivos trabalharão 50 horas ou mais por semana. Ao contrário de um monte de outras carreiras, chegar ao topo da carreira não diminuirá seu ritmo de trabalho. Além disso, se você for novato, o pagamento não será grande no início e as horas de trabalho serão mais um investimento para o futuro, em vez de algo que paga dividendos imediatos.

Desafios criativos

Um dos benefícios de ser um chef executivo é o fato de que você sempre terá ampla oportunidade para criar pratos novos e empolgantes. Será um auto-desafio contínuo e você nunca irá se entediar. Ao contrário de um restaurante corporativo, onde o objetivo é sempre criar os mesmos pratos pelo resto de sua carreira, como um chef executivo, espera-se que você tenha novas ideias.

Viagens

Se você trabalha para uma cadeia de restaurantes ou esteja quase com status de chef-celebridade, uma vantagem de ser um chef executivo é que não faltarão oportunidades de viagem. As viagens de chefs de cadeias de restaurante objetivam para treinar novos funcionários. Mas, se você for freelancer, terá ampla oportunidade de ver o mundo, como um chef particular; a abertura de novos restaurantes e atuar como jurado em competições de culinária são atividades que vão mantê-lo em movimento.

Estressante

Praticamente todos os restaurantes de alta demanda são estressantes. No entanto, ser um chef executivo é ainda mais exigente, pois muito depende de sua perspicácia culinária e de seus instintos. Para começar, o seu modo de vida está em jogo. Se você medir o interesse do público em determinado tipo de cozinha de forma inadequada, em seguida, o estabelecimento irá falir ou até mesmo demiti-lo. Outra questão é os cozinheiros e chefs que trabalham sob seu comando podem comprometer a qualidade para atender pedidos rapidamente.