Mais
×

Vantagens e desvantagens da emissão de ações

Atualizado em 23 março, 2017

Muitas empresas escolhem emitir ações para os investidores. Ter uma ação significa ter uma parcela de posse da empresa, ou seja: quando ela se lança no mercado de ações, está essencialmente vendendo uma parcela de si mesma para investidores. Essa ação pode ser vendida diversas outras vezes, e seu preço oscila com as alterações da demanda e do valor percebido da empresa que a emite. Normalmente, elas optam por vender ações para aumentar o capital, mas há desvantagens.

Ao abrir seu capital para o mercado de ações, as empresas também precisarão abrir mão de certas coisas (Creatas/Creatas/Getty Images)

Vantagem: aumento de capital

A principal vantagem obtida na venda de ações é que isso permite que a empresa aumento o capital. Existem outros métodos para isso, como com capital de risco e empréstimos, mas, comparado a essas maneiras, as ações são relativamente inócuas, já que a empresa não precisará pagar juros, e os investidores não esperam pagamento, como algumas empresas de investimento privado.

Vantagens: menos débito

Outra vantagem é que, muitas vezes, a emissão de ações evita que a empresa assuma dívidas, o que costuma acontecer quando ela não tem dinheiro para financiar suas operações. Ao emitir ações, a empresa evita isso, o que não só economiza dinheiro que seria gasto em juros como também confere uma aparência de mais estabilidade financeira.

Desvantagem: divisão de lucros

A maior desvantagem da emissão de ações é que, já que a empresa tem vários donos, os lucros serão redistribuídos entre mais pessoas na forma de dividendos. A empresa aumenta o capital, mas os donos originais deixarão de ganhar grande parte do dinheiro que ganhariam com as receitas.

Desvantagem: perda de controle

Os acionistas detêm uma porcentagem da empresa, e isso lhes dá alguns direitos no que tange à forma como ela é administrada. Além da necessidade de mais transparência, por meio da emissão regular de relatórios financeiros, as empresas também devem permitir que os acionistas votem em determinadas questões, o que significa que, além de abrir mão de uma parcela dos lucros, os donos também perdem um pouco do controle sobre a empresa.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article