As vantagens e desvantagens da modelagem por extrusão

Escrito por eric dontigney | Traduzido por lucas faro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Empresas fabricantes empregam moldagem por extrusão para produzir produtos com uma consistente seção transversal. Itens comuns encontrados em uma casa feita por esse processo incluem tubos de PVC, calhas de chuva e até mesmo canudos. O processo funciona premindo plástico derretido através de um molde — ferramenta que proporciona a forma correta. Enquanto o processo de moldagem por extrusão oferece vantagens para os fabricantes, tem também suas desvantagens.

Outras pessoas estão lendo

Vantagem — Baixo custo

A moldagem por extrusão tem um custo relativamente menor em comparação aos outros processos de moldagem, em parte pela eficiência do processo. A moldagem por extrusão utiliza mais materiais termoplásticos, que podem ser repetidamente submetidos à fusão e endurecimento. Sobras de materiais normalmente descartados, como resíduos de outros processos, podem ser reutilizados. Isso diminui a matéria-prima e os custos de eliminação. Excetuando-se por falhas mecânicas ou tempo de inatividade, as máquinas de extrusão de plástico operam continuamente, o que reduz as possibilidades de escassez no estoque e permite a fabricação 24 horas por dia.

Vantagem — Flexibilidade

A moldagem por extrusão proporciona uma considerável flexibilidade na fabricação de produtos com uma consistente seção transversal. Para retratar uma seção transversal consistente, imagine cortar em linha reta através de um bloco de queijo em vários lugares. Não importa quais peças você pegue, todas elas mantêm a forma de bloco retangular. Enquanto a seção transversal permaneça a mesma, a moldagem por extrusão pode produzir formas complexas, como objetos de decoração. Com alterações mínimas ao processo, os fabricantes podem utilizar a moldagem por extrusão em folhas de plástico. A variação do processo de extrusão também permite a fabricação de produtos que combinem atributos de plástico, como superfícies duras e macias.

Vantagem — Alterações pós-extrusão

O plástico permanece quente quando sai da extrusora, o que permite ser manipulado depois do processo. Os fabricantes tiram vantagem disso e utilizam uma variedade de rolos, matrizes e sapatos para alterar a forma do plástico extruído de acordo com as suas necessidades.

Desvantagens — Variações de tamanho

Quando sai do extrusor, o plástico quente frequentemente se expande. A expansão do plástico, nesta fase do processo é chamada de "morte inchada". Prever o grau exato de expansão continua a ser problemático, uma vez que ela surge a partir de diferentes fatores no processo. Devido à expansão imprevisível, os fabricantes têm muitas vezes que lidar com níveis significativos de desvio em relação às dimensões ou tolerância do produto. Embora existam métodos para limitar este problema, a questão da tolerância em grande parte desqualifica a moldagem por extrusão como um método de fabricação de peças de precisão.

Desvantagens — Limitações do produto

A natureza do processo de moldagem por extrusão limita os tipos de produtos que podem ser fabricados. Por exemplo, as garrafas de refrigerante de plástico se estreitam em uma extremidade para acomodar uma tampa, o que, por moldagem por extrusão normal, não é possível alcançar. Alternativas, como a moldagem de extrusão por sopro não fornecem uma opção para estes tipos de produtos, mas exigem investimento em um tipo diferente de equipamentos de extrusão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível