Vantagens e desvantagens da pesca comercial

Escrito por carmen grant | Traduzido por fernando augustus
Vantagens e desvantagens da pesca comercial
Tradicionalmente, são utilizados navios na pesca comercial (Comstock/Comstock/Getty Images)

A pesca comercial é qualquer tipo de pesca em água salgada ou doce, onde pescadores comerciais, em seguida, vendem o que capturam para conseguir lucro. Os pescadores utilizam redes, arrastro, linhas e armadilhas, e eles lançam essas ferramentas por terra, barcos ou navios. A pesca comercial fornece ao mundo a maioria dos frutos do mar, mas também gerou a pesca excessiva e uma queda no estoque de muitas espécies de peixes.

Comunidades não costeiras

A principal vantagem da indústria de pesca comercial é que ela fornece suprimento constante de frutos do mar para cobrir a demanda. Essa vantagem é especialmente importante para comunidades do interior que gostariam de comer frutos do mar frescos, mas não podem sair e conseguir por conta própria. Sem a indústria de pesca comercial, o povo de Oklahoma não teria acesso à lagosta do Maine, bodião do Pacífico ou caranguejo do Alasca.

Ácidos graxos ômega

A indústria de pesca comercial oferece às pessoas mais opções de alimentos com ácidos graxos ômega. O ácido graxo ômega é encontrado em peixes como o salmão, atum e linguado. Também é encontrado em outros frutos do mar, incluindo algas e krill. De acordo com a universidade de Maryland Medical Center, ácidos graxos ômega são essenciais para o corpo humano, mas nós não podemos ingeri-lo. Nós temos que ingeri-los comendo peixes que os contêm. A indústria de pesca comercial faz isso possível fornecendo peixes às pessoas que não têm acesso a isso naturalmente, ajudando a tornar as pessoas mais saudáveis.

Vantagens e desvantagens da pesca comercial
A indústria de pesca comercial fornece peixes para as pessoas que não têm acesso a eles naturalmente (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A pesca excessiva

A pesca comercial tem feito um estrago absurdo a várias espécies de peixes. As populações de peixes diminuíram devido à inovação de técnicas de pesca. Quanto mais fácil fica pegar peixes, mas peixes são pegos e menos deles têm a oportunidade de alcançar a maturidade e reproduzir. O peixe-relógio, por exemplo, tem uma vida relativamente longa e demora muitos anos para alcançar a maturidade. Além disso, os mais jovens ficam com frequência perto da superfície, tornando muito fácil a pesca excessiva da espécie. O aquário Monterey Bay estima que levará décadas para que a população de peixe-relógio se recupere da pesca excessiva.

Captura acidental

Algumas espécies têm sofrido mesmo sem serem o alvo. Animais marinhos que os pescadores capturam acidentalmente são chamados de captura acidental. Isso tem provocado uma diminuição na quantidade de tubarões, raias e até mesmo mamíferos marinhos. Alguns estados proíbem métodos de pesca que causam captura acidental, como a pesca de arrasto que utiliza longas redes ancoradas à rodas pesadas. A roda chega até o fundo do mar, causando graves danos ao habitat natural.

Água

Você pode desenhar linhas físicas em terra, mas apenas linhas imaginárias na água. Portanto, enquanto um estado ou país pode criar leis dizendo aos barcos onde ir, os peixes podem se aventurar onde quiserem e nadar em uma área que seja permitido pescá-los. Por exemplo, o Pacífico nos Estados Unidos tem leis de pesca muito bem elaboradas, enquanto as áreas costeiras do Japão e da China não têm. Os Estados Unidos podem proteger os peixes dentro de seus estados, mas não internacionalmente.