Vantagens e desvantagens relativas dos oleodutos

Escrito por maria kielmas Google | Traduzido por elcio borges gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vantagens e desvantagens relativas dos oleodutos
A rota do oleoduto Trans-Alaska atravessa camadas subterrâneas congeladas (Getty Images/Getty Images News/Getty Images)

Oleodutos são sistemas de transporte de petróleo bruto para as refinarias e consumidores finais. Uma grande rede de tubos de aço traz petróleo bruto de diferentes poços em um campo petrolífero a um ponto de armazenamento, uma instalação de processamento, ou um terminal de transporte. Um determinado número de centros de armazenagem distribui o petróleo bruto em tubulações de transporte, cujo diâmetro maior pode ser de até 1,22 metros. Estações de bombeamento, em intervalos que variam entre 16 e 320 quilômetros ao longo do oleoduto, asseguram que o petróleo continue a se mover. Esses dutos são artérias vitais para o transporte de petróleo através dos continentes e sob as águas em regiões marítimas, como o Golfo do México, Mar do Norte e no Mediterrâneo.

Outras pessoas estão lendo

Economia

Campos de petróleo muitas vezes estão localizados em regiões remotas na terra ou no mar. A maneira mais custo-efetiva para o transporte de grandes quantidades de óleo ao longo de centenas e milhares de quilômetros é por oleoduto. A desvantagem econômica é o custo inicial da construção. O Sistema de Oleodutos Trans-Alaska, com 1288 quilômetros de extensão, transportando petróleo bruto de North Slope, no Alasca até o porto de Valdez, custou R$ 16 bilhões em 1977. A Rússia planeja construir um oleoduto de 4.828 quilômetros da Sibéria Oriental ao Oceano Pacífico (ESPO) que custará R$ 60 bilhões.

Segurança

Oleodutos são a forma menos perigosa de transporte de petróleo. Eles são projetados para uma vida útil de 30 a 40 anos, assim os operadores de dutos têm um incentivo para investir em segurança e confiabilidade técnica. A sua localização, muitas vezes remota, significa que não podem ser protegidos contra sabotagem deliberada ou ataque terrorista. O duto Limon-Covenas de um oleoduto na Colômbia que fornece petróleo para países da costa caribenha tem sido atacado por terroristas regularmente desde 1986.

Ambiente

Construção de oleodutos tem um impacto ambiental significativo ao longo de seu percurso. Isto inclui o impacto social em assentamentos locais, a eliminação da vegetação e os efeitos do calor do óleo quente no tubo sobre o solo congelado em torno dele. As tubulações têm um sistema de instrumentação sensível que permite o monitoramento de vazamentos e rupturas, mas muitas vezes estes não são notados até que a poluição atinja um curso de água. Terremotos e inundações graves podem romper os oleodutos inesperadamente.

Política

Rotas de oleodutos criam problemas políticos. A extensão proposta para o oleoduto Keystone XL, que levaria o petróleo bruto canadense para os portos de águas profundas no Texas, tem encontrado forte oposição de agricultores e habitantes dos Estados Unidos. Este oleoduto pode dobrar as exportações de petróleo do Canadá para os Estados Unidos. A proposta da Rússia de levar o ESPO até a costa do Pacífico objetiva reduzir pela metade as exportações de petróleo para a Europa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível