Como fazer um vestido gótico vitoriano

Escrito por melissa j. bell | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um vestido gótico vitoriano
Amplie seu estilo gótico para incluir um vestido de inspiração vitoriana (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

O estilo gótico está sempre mudando e a inspiração para desenhos vem de muitas épocas diferentes. Uma época popular para a roupa gótica formal é o período vitoriano, conhecido por vestidos chiques ajustados e saias volumosas. Esse estilo, quando interpretado em cores e tecidos profundamente góticos, pode contribuir para um visual elegante em mulheres de diferentes tipos. O vestido vitoriano mais básico é o composto de um simples corpete pontudo com a saia costurada junto, que você pode fazer sem precisar de um molde complexo.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Camisa velha
  • Tesoura
  • Marcador
  • Régua
  • Fita métrica
  • Alfinetes
  • Tecido escuro
  • Tecido para forro
  • Lápis para tecido
  • Linha
  • Máquina de costura caseira
  • Ferro de passar
  • Tábua de passar
  • Ilhós ou colchetes
  • Furador de ilhós ou colchetes
  • Rendas
  • Arremates de ilhós ou de colchetes

Lista completaMinimizar

Instruções

    Desenhe um corpete gótico

  1. 1

    Encontre uma camisa velha feita de uma fazenda que tenha pouco ou nenhuma capacidade de esticar para usar na confecção do molde. Corte as mangas da camisa na altura da cava.

  2. 2

    Desenhe uma linha vertical no meio da camisa na frente e atrás, que será a linha do "centro da frente" e a do "centro das costas".

  3. 3

    Desenhe linhas horizontais na camisa, nos lugares do busto, da cintura natural e dos quadris. Tenha o cuidado de medir a distância entre cada parte do seu torso, antes de desenhar.

  4. 4

    Vista a camisa, para se certificar de que as marcações estão corretas. Desenhe um ponto no topo do busto de cada lado. Desenhe, também, um novo decote, que deve ser quadrado ou côncavo perto do pescoço. Corte o novo decote ao longo da linha.

  5. 5

    Desenhe uma nova linha para a bainha na base da camisa, fazendo uma forma que começa na altura dos quadris nos lados e que vai ficando côncava até formar uma ponta no meio da frente. Corte a nova linha da bainha ao longo da linha.

  6. 6

    Se a camisa ainda não estiver ajustada ao corpo, desenhe uma linha entre o ponto do busto e a bainha. Alise a fazenda que estiver sobrando entre as costuras dos lados e esta linha de busto, o que vai criar um alinhavo. Certifique-se de que não haja rugas e alfinete o tecido no lugar.

  7. 7

    Tire a camisa e corte o novo decote. Desenhe em cima das novas costuras e alinhavos onde estão os alfinetes, fazendo novas costuras. Corte ao longo das novas costuras laterais, mas não corte os alinhavos. Corte, também, a camisa separada nas costuras dos ombros e no centro das costas.

  8. 8

    Use as peças da camisa como moldes para a frente e as costas do corpete. Escolha um tecido gótico escuro e romântico para o corpete e alfinete as peças do molde em uma única camada. Corte em volta de cada peça, a 1,3 cm das extremidades, para que haja folga para costurar.

  9. 9

    Repita o passo 8 na fazenda do forro, que deve combinar para fornecer um contraste interessante com o tecido do vestido. Transfira os alinhavos, se tiver, para o avesso das duas peças da frente, usando um lápis para tecido.

    Junte o corpete

  1. 1

    Costure os alinhavos em cada uma das peças da frente. Passe a ferro os alinhavos em direção às costuras dos lados.

  2. 2

    Junte as peças do vestido e do forro separadamente. Coza as costuras do ombro das peças da frente e das costas junto, depois as costuras do lado, usando os 2 cm de folga. Passe a ferro as folgas das costuras abertas.

  3. 3

    Coloque o corpete de fora em cima do forro, com os lados direitos tocando-se. Alinhe todas as costuras e as extremidades. Alfinete os corpetes um no outro nas cavas, bainhas e centro das costas. Alfinete os decotes unidos, mas deixe 8 cm abertos.

  4. 4

    Costure os corpetes, ao longo das extremidades alfinetadas, usando os 2 cm de folga. Vire o corpete do direito pelo buraco do decote, depois coza o buraco à mão, para que feche.

  5. 5

    Aplique ilhós ou colchetes nos dois lados do centro das costas, até o fim. Amarre os ilhós com rendas ou cordões que combinem com o corpete.

    Crie uma saia

  1. 1

    Meça a distância em volta da sua cintura natural e acrescente 3 cm para a folga nas costuras. Corte um retângulo da fazenda do vestido com 6 cm de largura na medida da cintura.

  2. 2

    Dobre as folgas para as costuras nas extremidades curtas com 2 cm e passe-as a ferro. Dobre as extremidades longas com menos de 1 cm e passe-as também. Dobre todo o retângulo ao meio, de forma que você tenha o cós que deve ter 3 cm de largura e a medida da cintura de comprimento. Passe a ferro o cós.

  3. 3

    Tire a medida dos quadris e dobre-a. Essa será a largura da saia. Meça a distância entre a sua cintura natural e o chão, depois acrescente 3 cm. Esse será o comprimento da saia. Corte um retângulo do pano do vestido nesse tamanho.

  4. 4

    Coza o retângulo junto no comprimento, usando os 2 cm de folga na costura, e deixe os 12 cm do topo abertos. Isso será a costura do centro das costas. Coza as costuras com folga nas extremidades abertas para que não saiam do lugar. Dobre a bainha da saia com menos de 3 cm e costure-a no lugar.

  5. 5

    Junte a extremidade de cima do vestido e coza-a com os 2 cm de folga em um dos lados compridos do cós. Combine as extremidades do centro das costas. Acrescente arremates de ilhós na abertura das costas da saia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível