Vestimentas usadas por cavaleiros na Idade Média

Escrito por riccardo giovanniello | Traduzido por carolina pires
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vestimentas usadas por cavaleiros na Idade Média
As roupas de um cavaleiro serviam de proteção e como símbolo de status (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Cavaleiros, os soldados ricos de elite da Idade Média, eram inimigos formidáveis em campos de batalha. Sua aparência intimidadora dava a eles uma vantagem sobre os inimigos, de forma semelhante aos tanques em combates modernos. Essa intimidação é resultado de armaduras pesadas usadas enquanto se sentavam em grandes cavalos de guerra, também cobertos de armaduras. Estes guerreiros de elite eram difíceis de derrotar graças às pesadas armas e armaduras que utilizavam. Suas vestimentas medievais serviam para proteger e para simbolizar seus status.

Outras pessoas estão lendo

Armadura em batalha

Os cavaleiros da Idade Média usavam armaduras pesadas da cabeça aos pés quando entravam em batalhas. No fim do século 15, os cavaleiros eram adornados com armaduras pesadas para proteger peito, ombros, cabeça, pernas e braços. Todas as áreas vitais do cavaleiro ficavam bem protegidas de qualquer arma, fosse ela uma espada, maça ou flecha. Cotas de malhas também eram usadas para proteger qualquer parte do corpo que não estivesse coberta pela armadura pesada, principalmente juntas de braços e pernas, assim como a virilha do cavaleiro. Embora desajeitado nas batalhas, o icônico "cavaleiro na armadura brilhante" era a força dominante nas batalhas até o fim do século 17, quando foi introduzida a pólvora.

Feito para o conforto

Já que a armadura era muito pesada, o conforto foi uma grande preocupação. Como resultado, camisas de linho e calças de lã eram usadas por debaixo da armadura. Não só estas roupas leves separavam a armadura do cavaleiro, como também impediam a fricção. Sem elas, a armadura seria pressionada diretamente contra a pele do cavaleiro, podendo até cortá-lo.

Símbolo de realeza

Cavaleiros eram membros respeitados e idolatrados das sociedades medievais na Europa. Eles foram parte da classe governante, que era retratada em suas roupas dentro e fora do campo de batalha. Sobretudos, que eram túnicas sem mangas, eram usados sobre a armadura em tempos de guerra, mas foram usados sozinhos em tempos de paz desde o século 12. O sobretudo caracteriza-se por ser uma túnica sem mangas, com o brasão do cavaleiro e suas cores. O sobretudo do cavaleiro era diferente daquele do cidadão comum, pois era longo e leve, dando uma aura de realeza aos cavaleiros.

Cavaleiros de classes mais altas

Cavaleiros de classes mais altas eram diferenciados em campos de batalhas por seus gorros. Eles usavam gorros de veludo em oposição aos gorros de linho, couro ou lã. Também eram pontudos no topo e geralmente tinham uma faixa longa na ponta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível