Vestuário típico da América Latina

Escrito por wendie pecharsky | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vestuário típico da América Latina
Cores brilhantes e roupas coladas são típicas da moda latino-americana (dress maker's dummy image by agno_agnus from Fotolia.com)

O vestuário típico latino-americano hoje é influenciado por uma mistura de tradições transmitidas ao longo das gerações. Em geral, as roupas modernas latinas são caracterizadas por sua ênfase na cor e no corte, tanto na moda masculina quanto na feminina. O uso de cores fortes como preto, vermelho, laranja e azul brilhante é essencial para as roupas femininas, juntamente com enfeites como franjas e bordados. Para os homens, camisas e calças justas são comuns.

Outras pessoas estão lendo

Peças-chave

O vestido característico para os latino-americanos hoje inclui várias peças-chave que têm significado cultural e histórico. Por exemplo, o poncho, um pedaço retangular ou quadrado de tecido com uma abertura no centro para a cabeça, originou-se com as culturas indígenas da América do Sul e Central e é considerado um precursor dos mantos ou capas da era vitoriana. O bolero, uma jaqueta curta, historicamente feita de seda, veludo ou lã com botões de prata e detalhes bordados, teve a sua origem nas jaquetas curtas na altura da cintura usadas pelos criadores de gado da Andaluzia. As saias de tango, que possuem uma fenda aberta na frente para permitir o movimento e muitas vezes apresentam camadas de babados, desenvolveram-se com a dança do tango, originada na Argentina. Outras peças típicas da América Latina usadas ​​hoje incluem a blusa camponesa, que se diz ter-se originado no México no início do século XVII, e o xale ou mantilha, que era a cobertura tradicional usada na cabeça pelas mulheres espanholas durante a Idade Média.

Moda feminina

Normalmente, a forma como os latino-americanos se vestem hoje depende do seu país de origem. No Equador, as mulheres usam blusas bem ajustadas, calças e jeans. Vestidos e saias não são comuns para as mulheres urbanas, mas em cidades costeiras, é comum mostrar as pernas. Na Bolívia e no Peru, as mulheres jovens da cidade se vestem com muito estilo em saias curtas e tops sem mangas, mas em áreas periféricas, o vestido conservador é favorecido. Em Buenos Aires, Argentina, as empresárias geralmente usam ternos de saia ou calça sob medida em cores suaves e tons de terra. Em El Salvador, as mulheres preferem saias longas e blusas com mangas.

Moda masculina

As roupas dos homens da América Latina tendem a ser mais equipadas e coloridas do que dos americanos. As camisas são geralmente apertadas e usadas ​​em uma ampla gama de cores, até mesmo rosa. Todos os tipos de calças também são coladas para acentuar o corpo.

Influência nos Estados Unidos

Os Estados Unidos mostraram interesse pela primeira vez nos estilos do mundo latino por volta de 1910, quando os designers têxteis em Nova York olharam para a América Latina em busca de inspiração criativa. A América Latina realmente ganhou notoriedade durante a Segunda Guerra Mundial, quando a ocupação nazista da Europa interrompeu a influência francesa sobre os designers norte-americanos. Nos anos que se seguiram à guerra, os estilistas latinos invadiram os EUA, trazendo com eles o pendor latino-americano de decotes profundos, saias em camadas de babados e blusas camponesas.

Vestido tradicional

Os países da América do Sul e Central, incluindo o México, Brasil e Haiti são o berço de muitas modas contemporâneas da América Latina. Nos países que já compunham o Império Inca (Equador, Peru, Bolívia, Chile e parte do norte da Argentina), as roupas dos ricos ou socialmente proeminentes eram adornadas com bordados, plumas, pérolas e discos de ouro ou prata. Após a conquista espanhola, por volta de 1532, os nativos da classe alta do sexo masculino usavam uma combinação de roupas incas e espanholas: túnicas até os joelhos e apertados calções espanhóis. Na cidade mexicana de Guanajuato, a vestimenta tradicional das mulheres consistia de quatro saias decoradas com babados, tranças e fitas, em camadas, uma sobre a outra. A parte de trás da saia mais alta tinha um pequeno puxo, um aceno para os vestidos de flamenco usados ​​pelas mulheres espanholas. Juntamente com as saias, as mulheres usavam blusas brancas de mangas curtas camponesas com decotes bordados e xales de contas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível