A vida de um agente penitenciário

Escrito por lolo parker | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A vida de um agente penitenciário
Agente penitenciários tomam conta para que os presos não fujam. (Darrin Klimek/Digital Vision/Getty Images)

Agentes penitenciários prestam serviços de segurança e disciplina dentro do sistema correcional. Eles devem ter capacidade física para poder conter presos violentos e ter excelentes relações pessoais para evitar potenciais conflitos. Agentes penitenciários usam vigilância por sistemas de vídeo para monitorar toda a atividade dos detentos e devem preencher relatórios toda vez que uma medida disciplinar for tomada.

Outras pessoas estão lendo

Educação/Treinamento

Agentes penitenciários que estejam procurando empregos devem ter no mínimo o ensino médio completo. Cargos iniciais para prisões federais exigem conclusão do ensino superior. As prisões podem oferecer treinamentos práticos para os novos agentes. Os agentes que já têm experiência com segurança pública e que já receberam o treinamento podem ter acesso a mais oportunidades.

Condições de trabalho

Um agente penitenciário deve esperar uma jornada tradicional, de 44 horas/semana, com turnos de 5 a 8 horas e a possibilidade de horas extras pagas. Os turnos podem mudar, incluindo noites/madrugadas e finais de semana. Eles podem ser verbalmente agredidos pelos detentos e trabalhar em instalações mais antigas, onde a temperatura e o barulho podem ser desconfortáveis. Agentes penitenciários estão altamente expostos a sofrer lesões não fatais, de acordo com o Instituto de Estatísticas do Trabalho dos Estados Unidos.

Tarefas

Agentes penitenciários devem manter a ordem e certificar-se de que os detentos não se machuquem. Eles os supervisionam durante as refeições, os horários de recreação e durante as visitas semanais. Eles também podem acompanhar os detentos durante transferências da prisão para o tribunal. Os agentes também têm autoridade para revistar as celas à procura de drogas ilegais ou armas.

Salários

Os agentes penitenciários e carcereiros ganham um salário de, aproximadamente, R$89.054,90/ano, o equivalente a R$ 42,83/hora, de acordo com o Instituto de Estatísticas do Trabalho dos Estados Unidos. Agentes na Califórnia, Illinois, Nevada, Nova Jersey e Nova York estavam entre os mais bem pagos, com salários variando entre R$107.697,70 e R$: 139.444,80 por ano, ou seja entre R$ 51,80 e R$ 67,04 por hora, de acordo com o Instituto de Estatísticas do Trabalho dos Estados Unidos. (Dados de maio/2009)

Panorama da carreira

Oportunidades de emprego para agentes penitenciários aumentarão 9% de 2008 para 2018, de acordo com o Instituto de Estatísticas do Trabalho dos Estados Unidos. A taxa de rotatividade se deve ao fato de os agentes procurarem outros empregos na área ou deixarem o emprego devido ao alto nível de stress ou salários baixos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível