A vida após a Revolução Francesa

Escrito por tammy dray | Traduzido por sindija plahotina
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A vida após a Revolução Francesa
A Revolução Francesa durou dez anos, começando em 1789 (FRANCE image by Marie-Thérèse GUIHAL from Fotolia.com)

A Revolução Francesa durou dez anos, começando em 1789 e chegando até o início do século seguinte. A crescente insatisfação com a forma como o rei Luís 14 tratava a reforma social e as diferenças profundas entre classes sociais estimulou as pessoas a se rebelarem e procurarem uma maneira de ganhar mais liberdade e independência na vida e nos pensamentos.

Outras pessoas estão lendo

Significado

A mudança mais óbvia que a Revolução Francesa trouxe foi a interrupção das classes sociais. Antes da Revolução, havia três classes marcadas na França: a igreja, a nobreza e os plebeus. Na época, a igreja e a nobreza eram proprietárias de uma grande parte da terra no país. Eles coletavam as taxas (mas não pagavam nada) e tinham o poder de tomar decisões sobre as mudanças sociais e econômicas. Os plebeus, por outro lado, eram obrigados a pagar taxas altas, às vezes mais que 70% do salário, mas recebendo pouco dos benefícios. Depois da Revolução Francesa, o sistema fiscal foi eliminado, dando às pessoas o alívio financeiro e social junto com a possibilidade de ter mais poder nas decisões econômicas do país.

Efeitos

Até a Revolução, a igreja tinha poder quase ilimitado sobre determinadas áreas da sociedade, algo que mudou completamente depois de 1799. De acordo com especialistas, a Revolução Francesa criou uma nova França, abolindo o poder do clero sobre assuntos financeiros e transformado-o em funcionários públicos quem agora tinham obrigações e limitações. Ao decorrer dos anos, qualquer repressão relacionada com a igreja católica tornou-se mais óbvia e até mesmo resultou no ocasional massacre de padres.

Benefícios

Com a criação da Constituição, em 1791, algumas mudanças foram forjadas para influenciar a vida de todos nos próximos anos. Fixação dos preços de bens essenciais, como grãos, foi o primeiro grande passo para ajudar as pessoas a superarem as dificuldades econômicas. Também foram criados salários fixos, que permitiam aos funcionários receber um salário estável, independentemente de influências externas.

Potencial

A Convenção Nacional, que foi criada em 1792, foi responsável por muitas das mudanças que acorreram durante e depois da revolução. Educação gratuita, por exemplo, tornou-se padrão, independentemente da classe social, da condição econômica e do gênero. Assim também todos igualmente tinham taxa de renda e outras constrições sociais. Apesar dessas mudanças, a classe comum permaneceu pobre e sofria de desemprego e falta de recursos.

Opinião de especialista

Depois que Napoleão assumiu o poder em 1799, ele pôs em prática as muitas leis específicas, incluindo a emancipação dos judeus do gueto, introduziu o sistema métrico como padrão e concentrou-se na importância da educação artística para a sociedade. Ele também foi responsável por trazer a ideia do capitalismo na França, estimulando o crescimento pessoal e financeiro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível