Vidros que mudam para opacos

Escrito por charong chow | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vidros que mudam para opacos
Materiais cromogênicos nos "vidros inteligentes" modificam suas propriedades de transmissão de luz com uma corrente elétrica (Andrew Bret Wallis/Brand X Pictures/Getty Images)

A tecnologia de vidros inteligentes se refere a um tipo e vidro transparente que se torna opaco com um toque de botão. Materiais cromogênicos dentro do vidro modificam suas propriedades de transmissão de luz com uma corrente elétrica. Em 1704, os primeiros materiais eletrocrômicos, que mudam de cor com uma descarga elétrica, foram descobertos, mas não tinham aplicações comerciais até a década de 30. Foi no começo dos anos 70 que surgiu a tecnologia, com numerosas companhias patenteado o vidro capaz de mudar a opacidade na arquitetura, em espelhos de automóveis, exibições de museus e mais.

Outras pessoas estão lendo

Vidro de crsital líquido

Em um instante, o vidro de cristal líquido muda de branco-leite para transparente. Duas folhas de vidro transparentes ou coloridas, com duas camadas internas de plástico, formam um filme de cristal líquido. O estado normal é o opaco, mas quando a corrente elétrica é aplicada, ele se torna transparente, sem estado intermediário algum. Precisando de energia contínua para se manter transparente, este vidro não economiza energia. Ele foi desenhado para telas de bancos, telas de visualização e outras aplicações comerciais para interiores.

Janela inteligente de partículas suspensas

Janelas inteligentes de partículas suspensas (SPD) utilizam filme condutivo com partículas microscópicas suspensas e capazes de absorver a luz entre duas lâminas de vidro. O vidro é escuro quando não há descarga elétrica, mas quando carregado com energia elétrica, as partículas mudam a cor do vidro para o transparente, com um ótimo controle de transparência. No entanto, as janelas precisam de energia constante para se manterem transparentes.

Vidro eletrocrômico

O vidro eletrocrômico tem um gerador de energia microscópico colocado entre as camadas do vidro, que mudam do transparente para o fumê quando se aplica energia sobre ele. Porém, ele pode ter uma resposta lenta, com um "efeito íris", em que a mudança de opacidade começa nas porções externas do vidro, direcionando-se para o meio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível