Uma visão geral sobre tipos de formatos de filmadoras

Escrito por micah mcdunnigan | Traduzido por thais previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Uma visão geral sobre tipos de formatos de filmadoras
Você pode trocar cartões de memória flash para ter mais espaço de armazenamento para as gravações (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Câmeras de vídeo que gravam filmes para uma fita VHS são coisas do passado. As modernas gravam em miniDVDs, memória flash, discos rígidos internos ou cartões de memória removíveis. O melhor formato de armazenamento vai depender do que você quiser fazer com o filme que for gravado e como pretende assisti-lo.

Outras pessoas estão lendo

Câmeras de miniDVD

Câmeras de miniDVD gravam imagens de vídeo diretamente para um disco de DVD conforme você filma. Após as filmagens, remove-se o disco e o reproduz em um leitor de DVD com uma bandeja para miniDVDs ou transfere-se o arquivo para um computador. Se usar minidiscos DVD-R, você não pode excluir ou filmar sobre o arquivo que já foi gravado anteriormente. Se quiser a capacidade de apagar ou filmar sobre o material, use um DVD-RW. Esse formato é o melhor para cineastas casuais, pois o formato MPEG-2 em que filmadoras miniDVD codificam a filmagem não é universalmente suportado pelos softwares de edição de vídeo.

Câmeras de miniDV

Câmeras de miniDV gravam os dados em um cartucho de fita chamado de fita cassete miniDV. Elas são semelhantes às câmeras mais velhas de VHS que medem a quantidade de minutos que podem ser gravados, em vez de medir as unidades de memória de computadores. Ao contrário do que ocorre com as miniDVDs, você pode rebobinar a fita cassete miniDV e filmar sobre a gravação anterior. As filmagens sobre o material degradam a fita cassete e a qualidade do vídeo posterior diminui. Filmadoras miniDV transferem as filmagens miniDV para o computador por um cabo USB para edição e gravação para outros meios. As filmadoras miniDV exportam arquivos de alta qualidade AVI -- uma hora de filmagem pode ocupar vários gigabytes.

Filmadoras de disco rígido

Algumas câmeras armazenam as imagens gravadas em discos rígidos internos. As câmeras grandes podem ter discos rígidos de várias centenas de gigabytes, enquanto que as menores, que cabem na palma da mão, geralmente têm discos rígidos de menos de 100 gigabytes. Ao contrário dos miniDVDs ou filmadoras de miniDV, você não precisa comprar discos ou cartuchos para gravar. Os dispositivos com discos rígidos internos permitem selecionar e excluir vídeos enquanto se está em vários lugares através da própria interface de controle da filmadora. Essas filmadoras podem armazenar vídeos em vários formatos, incluindo MPEG-4, que permite a edição de vídeo melhor do que o MPEG-2 e possui maior apoio entre os programas de edição de vídeo. Ao terminar de gravar, transfira os arquivos de vídeo a partir do disco rígido interno da filmadora para o computador por um cabo USB.

Câmeras de memória flash

As câmeras também podem gravar vídeos em cartões de memória flash. Algumas com discos rígidos internos têm compartimentos de cartão de memória flash para adicionar memória extra quando acabar o espaço no disco rígido. Alternadamente, a câmera pode não ter memória interna própria e exigir cartões de memória flash para gravar. Os cartões de memória flash funcionam da mesma maneira que os discos rígidos internos, mas são removíveis. Pode-se transferir as imagens para o computador colocando o cartão de memória na entrada respectiva ou ver o material em aparelhos de DVD e Blu-ray que possuem entrada para cartões de memória. Se o seu computador não tiver entrada para cartões de memória, você ainda pode transferir os arquivos de vídeo por um cabo USB.

Cêmeras HD

As câmeras HD aproveitam as novas tecnologias de exibição HD presentes nas telas de computadores e televisões. Os formatos comuns de filmadoras HD são 1080i, 1080p e 720p. Os modelos 1080i e 1080p gravam imagens de alta definição que utilizam 1.080 linhas de pixels, enquanto que as de 720p usam 720 linhas de pixels na filmagem. O "i" ou o "p" nesses rótulos significam "entrelaçado" ou "varredura progressiva", respectivamente. O material entrelaçado codifica os pixels individualmente em cada linha, enquanto imagens de varredura progressiva codificam as linhas de pixels. Isso faz com que imagens de movimento rápido, como jogos de esportes, sejam exibidos melhor a partir de imagens de varredura progressiva do que a partir de fontes entrelaçadas. Quaisquer que sejam as capacidades HD da filmadora que você comprar, se a tela em que assistir o filme não tiver as características correspondentes, a gravação não será exibida com total fidelidade. Por exemplo, se comprar uma filmadora que grava imagens de 1080p, mas não tiver uma televisão ou um aparelho capaz de exibir em 1080p, então não vai ver todo o potencial da gravação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível