Como viver com um cônjuge portador da Síndrome de Asperger

Escrito por ehow contributor | Traduzido por caroline neri
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como viver com um cônjuge portador da Síndrome de Asperger
Viver com um cônjuge com Síndrome de Asperger

Como viver com um cônjuge com Síndrome de Asperger? A Síndrome de Asperger é uma forma de autismo. É um distúrbio que aparece predominantemente em homens e caracteriza-se pela incapacidade de entender os pensamentos, sentimentos e emoções de outra pessoa. As mulheres que têm maridos com Asperger dizem que muitas vezes sentem que estão pisando em ovos. Não há cura para a síndrome de Asperger, mas há estratégias para ajudá-lo a lidar de forma mais eficaz com o problema.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure ajuda profissional contínua para seu esposo. A síndrome de Asperger é uma desordem complexa e deverá ser trabalhada por profissionais da saúde mental e da área médica.

  2. 2

    Reconheça os traços da doença. Os doentes de Asperger têm frequentemente uma falta de empatia e uma incapacidade de considerar os pontos de vista dos outros. Eles muitas vezes preferem rotinas rígidas que outros teriam dificuldade de seguir. Não veja nada disso como um ataque pessoal; isto faz parte da doença.

  3. 3

    Comunique-se com seu esposo portador de Asperger de forma precisa e direta. Como os pacientes de Asperger têm dificuldade de ler sinais não-verbais, você vai precisar transmitir mensagens completas. Não fale de forma ambígua. Experimente diferentes formas de comunicação, tais como cartas, listas e e-mails.

  4. 4

    Prepare-se para assumir a maioria das responsabilidades parentais. Muitos homens com Asperger têm dificuldade em se relacionar com as crianças. É geralmente o cônjuge não portador de Asperger quem fornece carinho e ambiente consistente para as crianças.

  5. 5

    Fale abertamente sobre as finanças. Pacientes com Asperger geralmente têm pouca habilidade de gestão do dinheiro. Um cônjuge com Asperger pode querer gastar excessivamente em seu passatempo favorito. Assim, seja crítico a respeito de gastos domésticos normais. Usar um terceiro como um planejador financeiro pode ser útil.

  6. 6

    Responda ao invés de reagir. Isso pode ser difícil quando você está frustrado com o seu cônjuge, mas se você se força a manter a calma, você vai ter uma interação muito mais positiva.

  7. 7

    Procure ajuda para si mesmo. Envolva-se com um grupo de apoio para os cônjuges dos pacientes de Asperger. Se você ficar deprimido, não hesite em procurar assistência médica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível