Mais
×

Zinco para cabelos saudáveis

Atualizado em 17 abril, 2017

O zinco é um mineral que não é naturalmente armazenado no corpo e, portanto, é essencial obter uma dose diária para complementar as necessidades do organismo. O zinco é certamente essencial para a saúde, pois ele é necessário para todos os processos vitais, tais como o metabolismo celular, a cicatrização de feridas, uma gravidez saudável, paladar e olfato apurados e funções do sistema imunológico. Não é nenhuma surpresa que esse mineral essencial também seja importante para o cabelo.

Zinco para cabelos saudáveis

Os benefícios

O zinco auxilia a produção de sebo, o óleo natural produzido pelo couro cabeludo, que é essencial para um cabelo saudável e hidratado. Ele mantém o couro cabeludo condicionado, ajudando a prevenir a caspa, além de manter os fios fortes e saudáveis, de modo a minimizar a perda de cabelo.

Sem uma quantidade suficiente de zinco, o cabelo se quebra facilmente e demora para crescer novamente. O surgimento precoce de fios grisalhos, a queda de cabelo e a calvície podem ser sinais de uma deficiência desse mineral.

Como obter

As melhores fontes de zinco incluem leveduras, gemas de ovos, carnes, ostras, fígado, gérmen de trigo, nozes, soja, sementes de abóbora, camarões e mexilhões. O corpo nem sempre consegue absorver todo o nutriente de uma fonte de alimento e, por isso, tomar suplementos de zinco não é uma má ideia.

A dose de zinco recomendada para homens adultos é de 11 mg por dia. As mulheres adultas precisam de menos: 8 mg por dia. O zinco não deve ser tomado junto com o cálcio, pois este inibe a sua absorção. Não o tome com alimentos ricos em fibras tampouco, porque o mineral vai se aderir às fibras e será removido de seu corpo.

Desvantagens

Ironicamente, o excesso de zinco também resulta em um crescimento capilar lento e perda de cabelo. Ele também pode causar deficiência de outros minerais, tais como o cobre, o magnésio e o ferro, que são necessários para o crescimento saudável do cabelo. Para evitar esse círculo vicioso, nunca tome mais do que a quantidade recomendada de suplementos de zinco e monitore sua ingestão de alimentos que contenham esse nutriente.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article