Zinco e fadiga adrenal

Escrito por kimberli nalven | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Zinco e fadiga adrenal
A fadiga adrenal é caracterizada por uma sensação de cansaço extremo (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

O zinco é um mineral essencial encontrado nas células do corpo que é crítico para acalmar o sistema nervoso central, de acordo com o Vitamin & Nutrition Center (Centro de Vitaminas e Nutrição). Sem zinco suficiente, o corpo se torna menos capaz de metabolizar alimentos adequadamente para energizar as glândulas adrenais, o que, como acreditam alguns, causa a fadiga adrenal.

Outras pessoas estão lendo

Definição

A fadiga adrenal, também chamada de síndrome da fadiga crônica, é uma enorme fadiga física que pode ocorrer com esforço físico ou mental, e não é amenizada com descanso. Os sintomas incluem perda de memória ou de concentração, cansaço extremo, dores de cabeça e dores musculares sem causa definida.

Benefícios do zinco

Os especialistas do Vitamins-Nutrition esclarecem que o zinco ajuda a sustentar um sistema imunológico saudável, é necessário para sintetizar DNA e ajuda na cicatrização de feridas. Porém, não há relações científicas claras entre suplementos de zinco e o aumento da função adrenal.

Teorias/Especulação

Os profissionais de saúde discordam sobre a possível relação entre fadiga adrenal e estresse, ou a síndrome de "lutar ou fugir" que pode contribuir com os sintomas da fadiga adrenal, indicam os especialistas do Healthy Back Institute (Instituto das Costas Saudáveis). Eles concordam, porém, que as adrenais afetam o nível de energia do corpo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível